quarta-feira, 31 de maio de 2017

EM LANHESES (VIANA DO CASTELO) Projeto "Percursos do Homem e do Garrano"



Projeto "Percursos do Homem e do Garrano"

No âmbito do Projeto “Percursos do Homem e do Garrano”, a Câmara Municipal de Viana do Castelo promove:

Dia 9 de junho - I Seminário  - Percursos do Homem e do Garrano no Noroeste Português”, na EB23/S de Lanheses, das 9h00 às 19h00 e no

Dia 10 de junho o I Festival do Garrano, no Paço de Lanheses, das 18h30 às 20h30.

Este projeto, co-financiado pelo Programa Operacional Regional do Norte - Norte 2020 - conta com a parceria entre a Câmara Municipal de Viana do Castelo, a Universidade de Kyoto e a Universidade de Sorbonne Nouvelle, sendo apoiado pela Associação O Caminho do Garrano.

O programa do seminário integra três grandes painéis temáticos:
I. O Garrano e o seu habitat: património genético, ambiental e cultural;
II. O Garrano na Serra de Arga;
III. Turismo Equestre: destinos nacionais para o mercado internacional.


Entrada livre em ambos.


Teatro Municipal Sá de Miranda - COMPANHIA NACIONAL DE BAILADO - Roriz /Wellenkamp /Forsythe /Naharin - 9 de junho


Teatro Municipal Sá de Miranda - COMPANHIA NACIONAL DE BAILADO - Roriz /Wellenkamp /Forsythe /Naharin - 9 de junho



; 

Bilhetes disponíveis no Teatro Municipal Sá de Miranda – tmsm@cm-viana-castelo.pt

Teatro Municipal Sá de Miranda, nos horários habituais da bilheteira - segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00;
 Em dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00;
 Sábados, domingos e feriados em dias de espetáculos, 2h00 antes.

Título do espetáculo: RORIZ / WELLENKAMP /  FORSYTHE / NAHARIN
Treze gestos de um corpo / Será que é uma estrela? / Herman Schmerman / Minus 16
                      
Data: 09 de junho
Horário: 22h00
Classificação Etária :  M/6 anos
Preço: Plateia - 8€; Frisas e Camarotes – 5€













Apresentação do livro "Crónicas de um Peregrino" de Manuel Vazquez, 3 de Junho | 11H00 | Biblioteca Municipal de Viana do Castelo


Apresentação do livro "Crónicas de um Peregrino" de Manuel Vazquez, 3 de Junho | 11H00 | Biblioteca Municipal de Viana do Castelo


segunda-feira, 29 de maio de 2017

Castings para a nova novela da TVI, gravada em Viana do Castelo


Castings para a nova novela da TVI, gravada em Viana do Castelo


PROCISSÃO ENCERROU A FESTA A SANTO ANTÃO.

        


        Com a realização da solene procissão, foi cumprido ontem, domingo, dia 28 de maio, o último ato religioso do  programa da festa em honra de Santo Antão, São Silvestre e São Sebastião, do ano de 2017, depois de durante a manhã ter ocorrido na Igreja paroquial a Missa e a Hora com a benção especial do Dia.

   
      No intervalo dos aguaceiros que ocorreram durante a tarde e continuaram, saiu a procissão pela Estrada da Igreja para percorrer cerca de um quilómetro até ermida no Lugar de Santo Antão, integrando os quatro pequenos andores aos ombros de jovens mordomos da festa, as bandeiras e os estandartes das Confrarias e associações locais e representantes das instituições administrativas, precedendo o pároco residente da freguesia padre Daniel da Silva Rodrigues, que presidiu ao ato, atrás do qual, fechando o séquito passavam os fieis enquanto uma charanga ritmava o andamento do conjunto. No decurso do trajeto, os moradores enfeitaram algumas das Cruzes do Calvário nele existentes e tinham estendidas no chão flores e folhas verdes junto das respetivas moradias seguindo os costumes destas manifestações.


    Já no recinto e porque a chuva ameaçava a todo o momento romper as tréguas, o pároco Daniel Rodrigues proferiu uma curta alocução alusiva à celebração festiva e procedeu à benção tradicional aos presentes no recinto onde, como era esperado e constatável, não compareceram aqueles por quem Santo Antão é mais invocado e considerado protetor. Com uma exceção: o nobre cavalo que abria a Procissão, atendendo a que não contam os das muitas viaturas automóveis estacionadas no espaço da festa.

   Felicitações para aqueles que se disponibilizam generosamente para manterem viva as tradições e a alma do povo de Lanheses.






























    
Fotos: doLethes
Remígio Costa 

sábado, 27 de maio de 2017

UM PAR DE CEGONHITAS.

           Quando o sol abrasa a mãe cegonha protege abrindo a asa
         
             Não há sinais que confirmem mais de duas crias do casal de cegonhas-brancas no ninho construído no topo de um tronco de uma palmeira seca de um logradouro privado, junto do Largo Capitão Gaspar de Castro. Engrossa deste modo o número de exemplares daquela espécie, que supera duas dezenas e meia desde que há oito anos habitam na zona do centro cívico da freguesia. 

         Os neófitos filhotes do casal Dona Lala e sr. Lima apresentam um crescimento bastante adiantado, e já estão sozinhos no lar enquanto os pais andam na ponte área do vai vem do acarreto do alimento para os sustentar.

         Breve, estarão preparados para se mandarem ao mundo.


Fotos: doLethes
Remígio Costa 


A ERMIDA DO LUGAR DE SANTO ANTÃO.

       


        Santo Antão foi um eremita que passou grande parte da vida isolado em cavernas no deserto, optando por uma vida de contemplação e oração a Deus na quietude e silêncio do ambiente agreste e árido que caracteriza a região onde se situa o Egito, o país da sua naturalidade. O exemplo da sua vida ascética e contemplativa aproximou de si outros crentes que o seguiram e participaram nas ações que desenvolveu.



        Santo Antão é o lugar da freguesia de Lanheses onde melhor se enquadra a ermida com história de vida do orago do mesmo nome. Já não está tão isolada como estava no passado porque existem, agora, à sua volta novas habitações, e se algum roído perturba a pacatez do local, sai quase todo do reduzido fluxo automóvel que passa na estrada, já que os moradores vizinhos da capela, sendo escassos e pacatos, privilegiam e guardam o silêncio do espaço. E acabaram os carros de bois..



       Árvore de grande porte, relva, mesas e bancos de granito, muros de pedra lavrada e acessos empedrados, espaço cuidado e limpo de vegetação selvagem, do pequeno outeiro desfruta-se de uma vista alargada de quase 360º sobre a montanha da Serra d'Arga, vale da Silvareira, vale do Lima e boa parte da freguesia de Lanheses e outras limítrofes. Sossego, respira-se sem se ficar saciado.
     
                                               Retábulo da Capela de Santo Antão

         Em Santo Antão decorre a festa tradicional da Ascenção, quarenta dias depois de Páscoa, retomada de há anos a esta parte graças a ação voluntária de moradores e amigos do Santo padroeiro dos animais domésticos. Não possui a atração que mereceu no passado, rareiam os protagonistas essenciais irracionais, o cariz da boa ruralidade que a caracterizou, adaptou-se à realidade do tempo de agora e sobrevive na sua componente católica cristã com a dignidade devida.

         E viva Santo Antão, pois, então!


(Consultar programa divulgado no doLethes para os dias de hoje e de amanhã)


                                          Santo Antão


                                                      São Sebastião


                                              São Silvestre





                           PORTA (ABERTA) PARA O CABRITO




                             ESCADINHA PARA DESCER...

                    


Remígio Costa
Fotos: doLethes

              

JORNADAS DE CULTURA POPULAR.


Cartaz das Jornadas

quarta-feira, 24 de maio de 2017

CONVITE | UM REALISMO COSMOPOLITA: Uma exposição em torno do grupo KWY | Museu de Artes Decorativas - Viana do Castelo

CONVITE | UM REALISMO COSMOPOLITA: Uma exposição em torno do grupo KWY | Museu de Artes Decorativas - Viana do Castelo







http://www.serralves.pt/webmail/2017/DM/ITINERANCIAS/1705_Viana/logo_cabecalho.png





http://www.serralves.pt/webmail/2017/DM/ITINERANCIAS/1703_Maia/destaque.jpg










O Presidente da Câmara de Viana do Castelo e a Presidente da Fundação de Serralves convidam para a inauguração da exposição “Um realismo cosmopolita: Uma exposição em torno do grupo KWY”, que decorrerá pelas 17h00 do próximo dia 27 de maio, no Museu de Artes Decorativas de Viana do Castelo.A exposição estará patente ao público até ao dia 03 de setembro de 2017.


Produção: Fundação de Serralves — Museu de Arte Contemporânea, Porto

Da coleÇÃo de serralves
em VIANA DO CASTELO

Um realismo cosmopolita
Uma exposição em torno do grupo KWY

DE 27 MAI
ATÉ 03 SET
Museu de Artes Decorativas




























































































































Teatro Municipal Sá de Miranda - RICARDO CARRIÇO "O Meu Mundo" | 28 de maio

Teatro Municipal Sá de Miranda - RICARDO CARRIÇO "O Meu Mundo" | 28 de maio




Bilhetes disponíveis no Teatro Municipal Sá de Miranda – tmsm@cm-viana-castelo.pt

Teatro Municipal Sá de Miranda, nos horários habituais da bilheteira - segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00;
 Em dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00;
 Sábados, domingos e feriados em dias de espetáculos, 2h00 antes.

Título do espetáculo: RICARDO CARRIÇO "O Meu Mundo"
Data: 28 de maio
Horário: 21h30
Classificação Etária :  M/6 anos
Preço: 5€

TEATRO | "Não Dá Trabalho Nenhum" - TEP Teatro Experimental do Porto | 26 e 27 maio | 21h30 | Teatro Municipal Sá de Miranda | Viana do Castelo

TEATRO | "Não Dá Trabalho Nenhum" - TEP Teatro Experimental do Porto | 26 e 27 maio | 21h30 | Teatro Municipal Sá de Miranda | Viana do Castelo


; 

          CICLO A 4 MÃOS | "Não Dá Trabalho Nenhum"
26 e 27 de maio | 21h30
Teatro Municipal Sá de Miranda
Ingresso: 5€

Bilhetes à venda: Teatro Municipal Sá de Miranda - tlf.:258 809 382 | tmsm@cm-viana-castelo.pt
            Horários habituais da bilheteira - segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00;
     Dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00;
     Sábado e domingos em dias de espetáculos, (2 horas antes).

Produção: TEP – Teatro Experimental do Porto
Organização: Teatro do Noroeste – CDV / Câmara Municipal de Viana do Castelo
Apoio: Câmara Municipal de Viana do Castelo