segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA - Taça avinagrada azedou o UD Lanheses.



Taça da AF Viana do Castelo
8ºs. de final
Em Lanheses, Viana do Castelo
2017.01.29 - 14:30 horas


               UD LANHESES, 0 - Cerveira, 4
                                 (ao intervalo: 0-2)

UDL alinhou: Rocha, Hugo, na 2ª parte Dani, César, na segunda parte Leo, Pedrinha (C), Faizão, Polido, Faneca, Kitos, Peixe e Vítor Sousa, aos 79' Lomba.
Treinador: Miguel Kitos.

Árbitro: José Tiago Dias. Auxiliares: André Carvalho e Diogo Ribeiro.

MARCADOR; aos 8' 0-1, na conversão de livre direto em posição frontal e a alguns metros da linha da grande área, num remate a média altura a entrar a meio da posição de Rocha e o poste; 0-2 aos 44' resultante de remate lateral fora da área com a bola a entrar junto ao poste oposto depois de passar por cima de Rocha; 0-3 aos 90'+1' com o marcador a recuperar a bola no meio campo e a isolar-se e a atirar para o fundo da baliza; e, aos 90'+2´numa situação em que aparecem isolados junto do jovem guarda redes da casa e em cima da baliza três jogadores dos visitantes um dos quais a concluir o lance com um toque de bico que fechou o resultado.

          Desfecho dececionante de um jogo para o qual os lanhesenses partiam com fundadas esperanças de prosseguir na prova confiados no excelente momento que a equipa de Miguel Kitos tem vindo a mostrar no campeonato, sendo surpreendidos pelas contingências adversas da partida e, mais do que isso, pela excelente exibição do seu adversário em todo o tempo de jogo. Com os cerveirenses a adiantarem-se fortuitamente no marcador logo aos 8' num livre direto resultante de falta que não pareceu existir, os locais reagiram bem à desvantagem tendo estado perto de restabelecer o empate na jogada imediata em dois remates sucessivos. Com o jogo a decorrer em bom ritmo e ambos os conjuntos postados em visar a baliza contrária, os locais tudo fizeram para assumir as rédeas da partida e desfazer a organização do adversário mas não tiveram meios para a ultrapassar de modo a reverter a ascendência necessária que lhe permitisse chegar ao golo, tendo visto o panorama agravar-se com  em cima do intervalo com a desvantagem a aumentar para dois tentos.


          No período complementar a partida desceu de nível relativamente ao período inicial, passando a arbitragem a ganhar protagonismo com decisões muito contestadas pelo banco do UD Lanheses, de que resultou a expulsão do fisioterapeuta da equipa. O conjunto do concelho de Valença, onde o UDL foi empatar para o campeonato a três golos, manteve a ascendência e gestão da partida, e tranquila quanto ao resultado e modo com tudo estava a decorrer, usou da sua maior experiência estabilizando a reação do conjunto da casa. No "lavar dos cestos" e aproveitando algum desnorte dos locais, os forasteiros aproveitaram o momento para chegar à goleada, de todo injusta quanto às prestações oferecidas pelos beligerantes no cômputo geral da partida.

           Os jogos ganham-se ou perdem-se coletivamente.Nos sucessos como nos desaires a responsabilidade é da equipa: treinadores, jogadores, dirigentes, e até dos adeptos...



 RESULTADOS DOS RESTANTES JOGOS  
      

                   Oitavos-de-Final








2017/01/29Monção2-2
(4-3)g.p.
Atl. Arcos



UD Moreira2-2
(1-3)g.p.
Távora



ADC Correlhã2-0SC Courense



FC Vila Franca3-2ACR Arcozelo



UD Lanheses0-4Cerveira



Melgacense3-0
(a.p.)
Cardielense



Anais FC0-5Vitorino de Piães



Vianense2-1AD Chafé

               O JOGO EM IMAGENS


























Fotos: doLethes
Remígio Costa

sábado, 28 de janeiro de 2017

UTENTES DA OBRA SOCIAL E PAROQUIAL RIBA LIMA FORAM A DARQUE PARTICIPAR EM CONVÍVIO.





 Manuel Alves, 94 anos, adora dançar e a Adelaide, conterrânea e amiga colabora com ele  fazendo par.




O Centro Paroquial e Social Riba Lima (CPSRL) em conjunto com a Escola de Música amadeus (EMA) promoveram ontem, sexta feira dia 27, pelas 15:00 horas, no C.I.R.D. (Centro de Instrução e Recreio Darquense), na vila de Darque, Viana do Castelo, um Baile de Boas Vindas a 2017 – Músicas do Nosso Tempo, para o qual estavam publicamente convidados utentes e respetivas famílias daquelas Instituições e as populações onde se inserem.

Esta iniciativa conjunta (CPSRL/EMA) tinha em vista prioritariamente oferecer uma (nova) festa à comunidade e utentes com aptidão de mobilidade bastante do CPSRL, bem como a todos os interessados residentes na zona de intervenção desta meritória Instituição de solidariedade social, mediante prévia inscrição, e ao mesmo tempo estreitar os laços de convivência e estimular um maior conhecimento da realidade da ação desenvolvida pela Coordenação do Centro.


Do programa constava a atuação de um trio formado por Marques Lourenço, à guitarra, Bruno Pereira, ao cavaquinho e Jorge Araújo, na bateria, a atuar numa primeira parte, seguindo-se, na segunda a apresentação das classes de concertinas e cavaquinhos da EMA representada por três alunos executantes, proporcionando aos presentes momentos de música popular regional, constituindo ainda pretexto para experimentar agradáveis momentos de dança.


    No final do convívio os presentes puderam servir-se de um lanche livre e comedidamente bem composto em produtos confecionados no Centro Social e de  ofertas particulares. 







    Visivelmente confortados pela tarde diferente que lhes foi proporcionada, regressaram em autopulman de aluguer e numa carrinha própria do CSP Riba Lima os cerca de duas dezenas e meia de utentes, esmerada e diligentemente acompanhados pelas assistentes sociais e pessoal auxiliar em serviço no Centro.

































Foto: doLethes
Remígio Costa

FALECIMENTO.



        ROSA DA COSTA PEREIRA, de 93 anos de idade, com domicílio no Lugar de Campelo, em Lanheses, faleceu hoje sábado dia 28 de janeiro de morte natural.

       O funeral desta nossa conterrânea irá decorrer amanhã, domingo dia 29, pelas 16:00 horas, saindo o corpo em cortejo fúnebre da capela mortuária de Nossa Senhora da Esperança onde está exposto para a Igreja paroquial, onde decorrerão as cerimónias fúnebres religiosas, findas as quais irá a sepultar no cemitério desta freguesia.

       À família, designadamente às pessoas mais próximas, apresento em nome pessoal e da minha própria família sentidos pêsames.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA - Taça da AF Viana do Castelo.

     



































 Esta semana está suspenso o campeonato da primeira divisão e irá jogar-se a Taça da AF Viana do Castelo.  Nestes oitavos de final, o União Desportiva de Lanheses (UDL) vai receber no próximo domingo dia 29, pelas 14:30 horas no 15 de Agosto, o Cerveira. A equipa do concelho de Valença segue em 3º lugar da classificação geral do campeonato com 29 pontos e o UD Lanheses ocupa da 6ª posição com 26.

A qualquer nível os jogos de Taça têm características bastantes distintas das provas por pontos e são ainda mais imprevisíveis quanto ao seu desfecho. Na classificação do campeonato, o Cerveira segue na 3ª posição com 219 pontos e os Lanhesenses são 6ºs. com 26. No jogo da primeira volta decorrido em Cerveira para a prova regular, o resultado final foi um empate a 3 golos. Agora, jogando no seu espaço, os rapazes do UDL moralizados pela excelente época que estão a conseguir terão uma forte palavra a dizer para transpor com sucesso o velho rival da margem esquerda do rio Minho.

     Outros jogos interessantes são o Monção- Arcos e o Vianense-Chafé, havendo ainda a curiosidade de conhecer o comportamento dos comjuntos  Cardielens e Melgacence,  da segunda divisão, em Melgaço.

     Boa Taça, UDL! 


"CANTAR DAS JANEIRAS" É MOTE DE ENCONTRO DE GERAÇÕES NA OBRA PAROQUIAL E SOCIAL RIBA LIMA, em Lanheses (Viana do Castelo)



     



        Está a ganhar atributo de tradição na nossa freguesia a iniciativa promovida pelos educadores do Centro Escolar do Agrupamento de Escolas de Arga e Lima que levam as crianças dos primeiros anos do ensino obrigatório no começo do Novo Ano pelo centro urbano de Lanheses, para "CANTAR AS JANEIRAS", formando um grupo alegre, divertido e irrequieto a proporcionar momentos breves de contacto com a realidade da vida fora do espaço escolar.
    Este ano e pela primeira vez, o Centro Paroquial e Social Riba Lima e o Centro Escolar de Lanheses (Agrupamento de Escolas de Arga e Lima) patrocinaram em boia hora na passada terça-feira dia 23 de Janeiro um encontro intergeracional "Cantar das Janeiras", o qual decorreu nas instalações do CPSRL e constituiu um momento  inolvidável de grande alegria e de muita emoção. Os mais novos trouxeram nas suas vozes desinibidas e cristalinas, músicas superiormente ensaiadas pelas Professoras e Auxiliares que os acompanhavam, e em resposta os mais velhos, ao som de Reco-Reco e de Maracas, entoaram também as suas músicas com letra especialmente criadas e dedicadas  aos pequeninos visitantes.


      Esta foi a primeira iniciativa do género como acima se refere, enquanto que para alguns dos meninos foi também uma oportunidade de regressarem a um espaço que já frequentaram quando na creche do Centro; para os mais velhos personificou a evocação de sensações antes experimentadas, vividas hoje de novo  com grande alegria e emoção numa tão bem preparada e oportuna visita. No final ambos os grupos trocaram lembranças e carinhos tendo ficada assente a promessa conjunta de que a iniciativa voltará a repetir-se no próximo ano.

     Alguns registos fotográficos do inédito evento.
 


















































Fotos: doLethes
Remígio Costa