segunda-feira, 30 de novembro de 2015

ESCOLHA MUSICAL PARA INÍCIO DA SEMANA.




O FUTEBOL DA NOSSA TERRA



AF Viana do Castelo
1ª Divisão
Em Vila Fria (Viana do Castelo)
2015.11.29

                   
                      Vila Fria, 2 - UD LANHESES, 0

FRIO, FRIO... 
        Resultados da jornada e classificação geral
 JORNADA 12
Classificação


(ZeroZero)

domingo, 29 de novembro de 2015

CONSOLAS E GAIOLAS







Há quem brinque com consolas
nos tempos que vão passando;
Outros gostam de gaiolas
Que é o caso do Fernando.

Engenhocas de nascença
e de grande iniciativa
sem  pedir sequer licença
fez uma à esposa Olívia.

Estando ela contente
foram ambos passear;
E vejam lá minha gente
P´ro que lhes havia de dar.

Desceram a Avenida
No Parque Verde pararam.
Aparcaram a gaiola
E a mesa prepararam.

Petiscaram os amigos
bom chouriço do fumeiro
a lembrar feitos antigos
na arte de gaioleiro.

No fim da tarde tão lindo
em amena cavaqueira
as gaiolas vão-se abrindo
e o pássaro se esgueira. 

Cinquenta anos a fazer gaiolas
valem cem a mexer em consolas!

Parabéns Olívia e Fernando,
Até daqui a cinquenta, brincando.

 
                          Gaiolas?!

                               Dar-se bem com a vida

                              Tração a várias rodas e ABS


                                       Sol......


                        ....e sombra.


                                 Amaro aprova.


                              Irmãs em relax.




 SE O PARAÍSO É TÃO LINDO ASSIM...ENTÃO NÃO QUERO MORRER.






 Fotos: doLethes














sábado, 28 de novembro de 2015

NOZES QUE FICAM CARAS A QUEM AS NÃO COME.

           

                 Frontaria do Estádio Municipal Manuela Machado, Viana do Castelo

                   Estive nesta manhã de céu limpo de nuvens e de temperatura amena, a convidar a uns belos momentos entre verdura e o aroma de eucaliptos e pinheiros, em frente ao magnífico Estádio Municipal de Manuela Machado, na Meadela, Viana do Castelo, cuja construção remonta ao tempo em que o dr. Branco Morais foi presidente da edilidade e que, posteriormente, haveria de sofrer várias intervenções e ampliações no consulado do seu sucessor dr. Defensor Moura. 

            Aparentemente, o belo complexo desportivo erigido "às portas" da cidade reúne excelentes condições para a prática desportiva. É dotado de uma pista de atletismo, o retângulo de jogo tem relvado natural  e dispõe de dependências de acolhimento para atletas e público assistente. Todavia,  que nem tudo estará tão bem quanto aparenta, porquanto estará a ser equacionada pelo executivo liderado pelo engº José Maria Costa, mais uma intervenção (!!!) em virtude de terem sido detetadas fissuras nas estruturas da bancada.

             Não tenho à mão dados precisos sobre o custo desta obra, faraónica para as necessidades locais bem como das sucessivas intervenções a que foi sujeita ao longo do tempo e foram várias, mas posso calcular que rondará alguns MILHÕES de euros, à custa das verbas do orçamento do Estado, do IMI, licenças, taxas, multas, água, lixo, etc, etc, sacados da bolsa dos munícipes, com prejuízo de equipamentos para necessidades básicas da população, o que de todo poderia ser aceitável no CASO DO ESTÁDIO ESTAR A SER UTILIZADO, pois, para meu espanto, num belo dia de sábado ideal para a prática desportiva, estava na minha frente um palácio de luxo SEM UM ÚNICO UTILIZADOR! 

           Não compensa dar nozes (ou pérolas...) a quem não tem dentes.
           
             
Fotos: doLethes


             

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA - Atividade para o fim de semana - CARTAZ.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

PERIGO IMINENTE DE MORTE POR ELETROCUSSÃO.

          

                Um poste de iluminação pública na Rua Condes de Almada, localizado perto do posto dos CTT e do entroncamento com a Alameda 25 de Abril, está com o que parece ser uma caixa de fusíveis à vista, em virtude da respetiva tampa ter sido destruída. A abertura situa-se na base do poste, o qual está localizado perto de uma passadeira onde, diariamente, atravessam dezenas de alunos do Agrupamento Escolar de Arga e Lima os quais utilizam o Pavilhão Gimnodesportivo da Casa do Povo para a atividade curricular de Educação Física.

          A EDP já terá conhecimento do estado deteriorado do material da linha que explora, havendo sinais de ter sido a abertura antes isolada com fita a qual foi, entretanto, quase totalmente removida pelo fácil acesso que a caixa permite a uma criança ou jovem estudante menos avisado que nela intentasse mexer por curiosidade. Urge, pois, tomar as medidas adequadas a tempo de evitar consequências futuras de uma possível eletrocussão.

Foto: doLethes
 

DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CANCRO ORAL

HOJE (CONFERÊNCIA) E AMANHÃ (RASTREIO), ÀS 21:30 E DAS 10 ÀS 13.00 E DAS 15:00 ÀS 18:00 HORAS, RESPETIVAMENTE, NA ESCOLA SECUNDÁRIA DE SANTA MARIA MAIOR, EM VIANA DO CASTELO (SEM QUAISQUER CUSTOS)


                       AINDA HÁ VAGAS



 
      Promovido pelo Projecto Um Dia Pela Vida da Liga Portuguesa Contra o Cancro, Núcleo Regional do Norte, vai ter lugar em Viana do Castelo uma campanha de sensibilização para a prevenção do Cancro da Cavidade Oral que inclui:
           Dia 27 de Novembro, 21h30min, Palestra de sensibilização;
           Dia 28 de Novembro, 10h00 -13h00 e das 15h00 – 18h00, consulta de diagnóstico precoce do Cancro da Cavidade Oral.
Estas acções, que decorrerão na Escola Secundária de Santa Maria Maior (liceu), serão da responsabilidade da Unidade Móvel de Estomatologia e Medicina Dentária da Liga Portuguesa Contra o Cancro e da Associação Portuguesa de Medicina Dentária Hospitalar.

AMIGOS DOS ANIMAIS DE RUA MEUS AMIGOS SÃO.

              Foto de Maria Anjos Sampaio.

                 Alguns amigos mais dos animais (e meus...) de rua, responderam ao apelo que há dias atrás aqui deixei, adquirindo ao custo de apenas 10€, o livro "Anda, vamos salvar os animais de rua!", da escritora vianenses drª Marlene Ferraz e, cuja receita reverte na totalidade para a ALLAR, Associação Limiana dos Amigos dos Animais de Rua, em Ponte de Lima.

            A minha gratidão para:
            (ordem de entrada)

OURIVESARIA DE LANHESES, gerência do amigo Manuel Franco (Militão), no Largo Capitão Gaspar de Castro, em Lanheses


DAVID FRANCO, caçador desportivo, natural e residente em Lanheses, amigo de regresso às raízes depois de anos de ausência no estrangeiro.


ESCOLA DE CONDUÇÃO DE LANHESES, na Rua de Santa Eulália (Edifício da antiga casa do povo), pela gerente.



JOSÉ ALVES, residente no sítio dos Cutarelos, Corredoura, de Lanheses, também de regresso à terra natal depois de anos de ausência.


CASA AGRÍCOLA DE LANHESES, farinhas e sementes, do Largo Capitão Gaspar de Castro, em Lanheses, familiares do meu amigo Albino Coelho.


"Anda, vamos salvar os animais da rua", de Marlene Ferraz.

Fotos: doLethes

terça-feira, 24 de novembro de 2015

"40 ANOS EM REVISTA - ESCOLA DE MÚSICA ZÉ PEDRO (1975-2015)" | Teatro Municipal Sá de Miranda (Viana do Castelo)


 Dias 27, 28 e 29 de novembro 2015 | "40 ANOS EM REVISTA - ESCOLA DE MÚSICA ZÉ PEDRO (1975-2015)" | Teatro Municipal Sá de Miranda (Viana do Castelo)




domingo, 22 de novembro de 2015

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA

AF Viana do Castelo
Primeira Divisão
Estádio 15 de Agosto, em Lanheses (Viana do Castelo)
2015.11.22




                       UD LANHESES, 1 - Cerveira, 2
                                                    (ao intervalo: 1-1)


                - MORTE DEVASTOU A EQUIPA DO UD LANHESES
                - INSÓLITO: GNR "EXPULSA" JOGADOR DO UDL
                - UD LANHESES TERMINA O JOGO COM OITO JOGADORES
                - ÁRBITRO DO JOGO É DE CAMINHA A "DOIS PASSOS" DE CERVEIRA
                - CERVEIRENSES CHEGAM À VITÓRIA NO FIM DO TEMPO DE COMPENSAÇÃO (90'+5'), com mais dois jogadores em campo
                - "Vista grossa" de Morte a um derrube inequívoco dentro da área a jogador do UDL, aos 49', perdoando aos visitantes um penalti e uma expulsão.

      GOLPE FINAL AOS 90'+5' (1-2) - Morte andava por perto


           Ninguém poderia prever o que viria a ser a segunda parte do jogo entre o UD Lanheses e o Cerveira, depois do espetáculo agradável e bastante bem jogado a que se tinha assistido no primeiro. Com efeito os lanhesenses surpreenderam pela positiva pela forma como estavam a enfrentar um dos principais candidatos à vitória na prova, batendo-se com a  equipa forasteira "olhos nos olhos", sem sequer acusar a desvantagem no marcador com apenas 21' da partida e quando estava por cima do jogo, vindo a estabelecer a igualdade no resultado aos 32', por Kitos, num remate fora do alcance do guarda redes.
                       Sem que nada o fizesse prever pois no período inicial o seu trabalho tinha sido impecável, o árbitro João MORTE "entrou" no jogo a favor do Cerveira e desfez em cacos as pretensões da equipa da casa de chegar ao triunfo, deixando de assinalar uma grande penalidade por derrube de um avançado lanhesense quando este ultrapassou a defesa e ficou apenas com o guarda redes pela frente. Porém, o mais insólito e incrível das suas opções, foi a de mandar sair do relvado antes do início da segunda parte o jogador Amaral da equipa do UDL, ao que parece por indicação de um agente da autoridade que, no intervalo e já dentro do balneário, lhe terá dado conhecimento de uma agressão a um atleta da equipa visitante que Morte e a sua equipa não tinham visto!!! Ao longo da segunda parte, este árbitro que é natural de Caminha a poucos quilómetros de Cerveira, expulsou mais dois jogadores dos locais que ficaram reduzidos a oito elementos e o próprio delegado ao jogo, Jorge Brito, bem como, aos 89' a um jogador dos visitantes. Após validar o golo da vitória do Cerveira, aos 90'+5',MORTE, apitou para o termo do encontro.
Chocante o desnorte do sr. MORTE na etapa complementar com uma atuação que influenciou o resultado deste jogo e fragilizou para o futuro a equipa de Lanheses, num momento em que a equipa de Guilherme Brito dava indícios de clara melhoria de jogo e de recuperação na tabela classificativa. 


                                 MORTE E OS SEUS AUXILIARES

João Morte foi o árbitro do UD Lanheses - Chafé (2-3) realizado em 19.09 e sobre o seu trabalho escrevi:

       A turbulência ocorrida no desenrolar da partida e deu  motivo a expulsões não pode ser apenas assacada  aos jogadores envolvidos nos lances que as originaram mas também ao árbitro João Morte, pelo recurso drástico e arbitrário na exibição de cartões. A amostragem de dois cartões amarelos a Fonseca da equipa da casa cujo segundo resultou na sua expulsão estavam decorridos 35' de jogo mostra a tendência viciada de castigar recorrendo a cartões. Se no lance da simulação de  falta dentro da grande área que de facto não existiu, já o que causou a expulsão não tem fundamento porque o jogador, embora fora da área, foi efetivamente rasteirado. E, mesmo que a falta não tivesse existido e o jogador caísse propositadamente, o lance poderia ter passado despercebido porque a equipa do Chafé ficou da posse da bola e partia rápido para a frente, não tendo o jogador do UDL feito gestos exagerados. Na expulsão dupla que viria a acontecer estavam decorridos cerca de 20' do segundo tempo, não tenho opinião própria porque não tive visão direta do lance. Porém, pessoas credíveis com que estavam perto de consideraram que a envolvência dos dois atletas não merecia punição tão drástica e o amarelo equitativo seria suficiente. No lance perto do fim do jogo a que me referi acima, vi que o árbitro hesitou pois esboçou o gesto de levar o apito à boca mas não posso garantir que se tivesse apitado castigaria ou guarda redes ou o jogador da casa (Faizão?).



O UDL alinhou: Fonseca, Amaral, Faizão, Tiago, Trindade, Rui Sá, Queirós, Kitos, Peixe, Faneca, Pedrinha. Jogaram ainda: Marco, 79', Tiago Castro, 55' e Ribeirinho, 66'.






JORNADA 11

29/11ADC Correlhã-Atl. Arcos
ARC Paçô-Vitorino de Piães
Monção-FC Vila Franca
Castelense-AD Campos
Ponte da Barca-SC Courense
Cerveira-AD Chafé
Vila Fria-UD Lanheses
Valenciano-GD Moreira do Lima