sexta-feira, 30 de outubro de 2015

CONVITE



CONVITE

No âmbito da sua atividade, vai a POLARIS realizar uma conferência no próximo dia 30 de outubro de 2015, sobre "Viajar no espaço – em direção à última fronteira do universo".

Será orador o Dr. Miguel Gonçalves, coordenador Nacional da Sociedade Planetária, e coordenador/apresentador do programa "A Última Fronteira", transmitido nas manhãs de domingo pela RTP1.

O Dr. Miguel Gonçalves falará das visões históricas sobre o sistema solar, de Plutão e dos objetos gelados para lá dele, dos planetas gigantes e dos meios de propulsão e viagens interplanetárias.  

A conferência realiza-se como habitualmente, no auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, à Praia Norte, pelas 21H30,  

FALECIMENTO .

  



             DEOLINDA SOUSA ROCHA, de 81 anos de idade, casada com Manuel Bacela, com domicílio no Lugar da Agra, desta freguesia, faleceu sexta-feira dia 30 de Outubro de 2015, por motivo de doença.

         O funeral desta  nossa conterrânea vai realizar-se hoje, segunda-feira dia 2 de Novembro pelas 16:00 horas, saindo o corpo em cortejo fúnebre da capela mortuária de Nossa Senhora da Esperança desta freguesia onde se encontra exposto para a Igreja Paroquial onde decorrerão as exéquias fúnebres, findas as quais irá a sepultar no cemitério desta freguesia.

             Ao marido e a toda a família da extinta expresso os meus votos de pesar.

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

VIAGEM AO PASSADO.

Foto de 1914  
(Senhoras da sociedade vianense)

I
Cento e um anos passados
vale a pena admirar
os modelos retratados
duma beleza sem par.

II
Ao olhar tanta candura
e leveza angelical
sente-se na alma a frescura
dum cenário irreal.

III
 Cinco flores virginais
a brotar num roseiral
Diferentes, originais
em seu véu nupcial. 

IV
Evocação do passado
diluído no presente
que, quando é recordado,
já ninguém lembra, nem sente.

V
 Nesta viagem ao tempo
dito dos nossos avós
é da alma o fermento
do pão que comemos nós. 



Outubro/2015.10.29 
Remígio Costa



















terça-feira, 27 de outubro de 2015

BURACO ABERTO NA REDE DE SANEAMENTO DESATIVADA.

             

                                 O buraco com tendência para alargar
 
                   Na antiga rede de saneamento desativada, agora utilizada como condutora de águas pluviais que passa numa leira de cultivo junto à casa do motorista de viaturas pesadas, Euclides Castro, na Rua da Agra, o terreno cedeu naturalmente ficando aberto um buraco com alguma dimensão, com indícios de que, por ação das chuvas, venha a ficar ainda maior. O próprio piso da Rua, junto a uma tampa do saneamento, apresenta ranhuras indiciadoras de fratura podendo ceder a qualquer momento por força de uma carga mais pesada que pressione o estado debilitado do local. De acordo com o esclarecimento que me foi prestado por um morador, existe soterrado no local um tanque de alguma dimensão que faz parte da velha rede, cuja estrutura terá cedido e causado o aluimento de que resultou o perigoso buraco.

              No piso da Rua, junto à tampa do antigo saneamento, o terreno está a ceder.

           O local não está protegido nem sequer sinalizado e há perigo de alguém, pessoa ou animal, poder não se darem  conta da ratoeira que ali se formou e cair na abertura, ou mesmo uma viatura, com as consequências que daí possam advir.

                          Há aqui uma fossa cuja cobertura terá cedido.

Fotos: doLethes

ACIDENTE DOMÉSTICO VITIMOU AVELINO SOUSA TRÊS DIAS APÓS A MORTE DA ESPOSA.

         

              A divulgação, esta manhã, do falecimento de Avelino Alves Sousa, que ocorreu dois dias após o funeral da sua esposa Ester Costa, causou uma onda de estupefacção e tristeza no seio dos seus familiares e amigos, chocados pelas circunstâncias acidentais em que a morte ocorreu. Segundo testemunhos credíveis, ontem segunda-feira, dia 26, cerca das 18:00 horas, o Avelino, meu amigo e primo por afinidade, encontrava-se na sua residência no Lugar da Corredoura acompanhado de um dos seus netos que, com o seu pai, tinham vindo do Brasil onde residem os seus progenitores, expressamente para participar no funeral da avó, quando tocou o telefone fixo localizado noutra dependência da habitação. Estando a retirar roupa da máquina de lavar e com chinelos de andar por casa, o Avelino procurou atender a chamada o mais depressa possível tendo ouvido, ainda,  o seu neto a recomendar-lhe cuidado porque ele atenderia o telefone. Contudo, ele manteve a intenção de ser ele a atender a chamada e iniciou a descida de uma escada interior até ao penúltimo degrau, onde, provavelmente, tendo falhado a colocação de um pé no último, caiu desamparado, de costas e, terá batido com a cabeça de forma violenta e fortemente traumática.

          Pedida a intervenção do INEM a equipa médica procedeu às operações necessárias para a estabilização do sinistrado e, já no Largo Capitão Gaspar de Castro, bem distante da residência onde aconteceu o acidente, esteve parada por tempo considerável, ao que se presume pela necessidade de tentar estabilizar a sua situação clínica, tendo depois seguido para a ULSAM, em Viana do Castelo e, a seguir, transportado para o Hospital de Braga, onde viria a falecer cerca das duas horas da manhã de hoje. 

          Falei a última vez com o Avelino no sábado na capela mortuária da Senhora da Esperança. Paz à sua alma.

FALECIMENTO.

      

       




      AVELINO ALVES SOUSA, de 84 anos de idade, viúvo, com morada habitual no Lugar da Corredoura, desta freguesia faleceu, terça-feira dia 27 de Outubro, em consequência de acidente sofrido na sua residência.

      O funeral deste nosso conterrâneo vai realizar-se amanhã, quinta-feira 29 de Outubro, pelas 10:00 horas, saindo o corpo em cortejo fúnebre da capela mortuária de Nª Senhora da Esperança onde se encontra exposto em câmara ardente para a Igreja paroquial de Lanheses, onde decorrerão as exéquias fúnebres, findas as quais irá a sepultar no cemitério desta freguesia.

       Aos meus primos e demais familiares do extinto deixo aqui uma palavra de conforto e de pesar pelo infausto acontecimento.
  
       

        
       

        

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA

AF Viana do Castelo
1ª Divisão
Campo 15 de Agosto, em Lanheses (Viana do Castelo)
7ª Jornada
2015.10.25



                                               A união faz a força

   UD DE LANHESES, 3 - ARC de Paçô, 1 (Arcos de Valdevez)
                                           (ao intervalo: 2-0)

PRIMEIRA VITORIA EM CASA NA PIOR EXIBIÇÃO DA ÉPOCA

                     Formação inicial do UDL


                        O União Desportiva de Lanheses (UDL) obteve ontem no seu campo a primeira vitória da prova depois de ter perdido os três primeiros desafios. O triunfo é merecido mas a exibição global da equipa não deixou satisfeitos os seus adeptos.

                        Nos primeiros quarenta e cinco minutos os lanhesenses ainda conseguiram executar algumas jogadas bem congeminadas que lhe permitiram levar algum perigo à baliza contrária, mas, no período complementar poucos lances tiveram a conclusão adequada e perderam-se boas oportunidades de fechar o resultado bem mais cedo do que viria a acontecer.



Kitos ludribiou o guarda redes na marcação do penalti.                      

                  Certo é que, muitas vezes,é mais fácil produzir boas exibições contra equipas de qualidade do que quando se defrontam outras de valor equivalente ou inferior como foi o caso de ontem contra a formação de Paçô, em boa verdade das mais debilitadas que nesta época passaram pelo Campo 15 de Agosto. Na maior parte do tempo o jogo decorreu anárquico com muitos jogadores concentrados em pequenos espaços do relvado, quer variava de local consoante os caprichos do esférico.

                        Canto contra os da casa.

                   Os locais chegaram cedo ao golo, logo aos 9' na sequência de um livre de canto tendo Peixe aproveitado com a cabeça um ressalto dentro da pequena área; aos 11' foi Ricardo, que escapando entre os centrais dos visitantes se isolou e rematou para o segundo na melhor jogada do encontro. Neste período, os azul /ouro poderiam ter avolumado os números do placard em mais três oportunidades desperdiçadas. No segundo tempo foi Fonseca que adiou com boas defesas aos 47' e 48' o golo dos visitantes, que veio a acontecer aos 78', também na sequência de livre de canto, que veio trazer uma sombra de inquietação sobre o desfecho final favorável. Com o árbitro a assinalar uma grande penalidade aos 83' por rasteira feita a um avançado do UDL, Kitos apontou superiormente o castigo máximo fixando o resultado em 3-1. Logo a seguir (84') verificou-se um lance dentro da área do Paçô suscetível de sanção máxima, ainda mais evidente do que o que foi antes assinalado, mas que o árbitro do encontro não entendeu passível de falta.


                    Ricardo Silva no melhor golo do jogo

                      Não acompanho o UDL fora de casa por isso não posso avaliar o excelente empate obtido na Correlhã no domingo passado. Pelo que ouvi, os comandados do treinador Guilherme Brito fizeram um bom jogo e mereceram o resultado alcançado. Ontem, fosse por alguma ansiedade e necessidade de vencer para interromper a série negativa de derrotas em casa, o Lanheses não esteve ao nível dos anteriores jogos que perdeu mas jogou muito melhor do que aconteceu nesta primeira vitória no seu reduto, Há jogos assim e eu gostaria muito mais de estar aqui a elogiar do que a apontar exibições menos conseguidas.

                      Peixe foi expulso aos 80' por ter visto o segundo cartão amarelo.

                     A arbitragem de André Lopes e dos seus juízes auxiliares foi equilibrada ressalvada apenas a falta que acima refiro.

 André Lopes, Ivan Rodrigues e Rui Pinto. Boa equipa.

                     O UDL alinhou: Fonseca, Ribeirinho (75' Pedrinha), Amaral, Lomba (cap.), Tiago, Trindade (2ª parte Hugo), Ricardo Silva, Kitos, Oliveira, Peixe e Faneca (70' Faizão). 


Guilherme Brito, treinador do UDL é muito interventivo no decorrer do jogo mas nem sempre os jogadores o ouvem.

JORNADA 7 - Resultados
 
                             Bela assistência.
(ZeroZero)
Classificação Geral
 01/11FC Vila Franca15:00Atl. Arcos
 Vitorino de Piães15:00AD Campos
 ADC Correlhã15:00SC Courense
 ARC Paçô15:00AD Chafé
 Monção15:00UD Lanheses
 Castelense15:00GD Moreira do Lima
 Ponte da Barca15:00Valenciano
 Cerveira15:00Vila Fria

                                                 Lesões de água e spray

                          "Cenas" do jogo:






Fotos: doLethes
Remígio Costa

sábado, 24 de outubro de 2015

BIBLIOTECA ESCOLAR (BE) DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ARGA E LIMA NO FACEBOOK

               


              Em cumprimento das exigências a que estão sujeitas a criação de contas no facebook, as quais não permitem a abertura de um mural pessoal à Biblioteca Escolar (BE) do Agrupamento de Escolas de Arga e Lima e para assegurar a continuidade da divulgação da sua atividade cultural e educativa foi necessário subscrever uma conta em nome da drª Manuela Castro, responsável da referida biblioteca.

               Fica aqui um convite para que acedam à  página no facebook daquele departamento da escola secundária e coloquem um « gosto» e  passem a seguir e  comentar, colaborando deste modo com a página ajudando-a a cumprir a sua importante missão que é a de divulgar o que fazem e promover a cultura nas suas diversas dimensões e interagir com quem os ler.

              Fica o link para ser mais fácil o acesso e o vosso "gosto".



PILOTO VIANENSE ADMAR PEREIRA NO PÓDIO NA CLASSIFICAÇÃO FINAL.

ADEMAR PEREIRA PASSOU COM DISTINÇÃO NO DERRADEIRO DESAFIO


Lousada voltou a ser o palco de encerramento dos Campeonatos Nacionais de Ralicross. Contando com uma recheada lista de mais de 80 participantes entre as diversas categorias, a Pista da Costilha acabou por assistir a corridas empolgantes onde as terríveis condições climatéricas ajudaram à incerteza quanto aos vencedores até ao final. Ademar Pereira esteve em muito bom nível destacando-se na Categoria Super Nacional concluindo o ano com um 3º lugar da geral.A estrear-se ao volante de um Renault Clio Sport, o piloto da Recirosa Competições começou por tentar conhecer o carro logo nas mangas de treinos e desde o início que a adaptação demonstrada deixava grandes esperanças a Ademar Pereira para as corridas de qualificação. Ainda no sábado, com as condições da pista a permitirem rodar um pouco mais rápido, o piloto de Viana do Castelo conseguiu levar o Renault Clio à vitória encerrando o primeiro dia de corridas em ambiente de festa.


           No segundo dia, a chuva apareceu em força e não deu tréguas aos pilotos. Logo no warm-up, Ademar Pereira constatou as condições extremas da pista com muita lama e água a não permitirem o mínimo erro. O piloto adivinhava muitas dificuldades principalmente porque, sem pneus apropriados, a aderência era praticamente nula. Ainda assim, com redobradas cautelas, o piloto da Recirosa Competições conseguia novo pódio ao terminar na 3ª posição a segunda manga de qualificação.


Para a terceira manga, as condições meteorológicas agravavam-se e a corrida viria a ser disputada debaixo de um verdadeiro dilúvio que tornava a pilotagem numa verdadeira “aventura”. Dominando a corrida desde o início, Ademar Pereira parecia lançado para nova vitória mas, com a passagem pela joker lap, a vantagem conseguida acabaria por se diluir e o piloto descia um degrau na classificação terminando a manga no 2º posto. Apesar de tudo, o apuramento directo para a Final A estava conseguido e as aspirações a um bom resultado mantinham-se intactas.
Já na Final, a partida ditava um bom arranque por parte de Ademar Pereira mas um pequeno azar viria a ditar o resultado final. Ainda na segunda volta, o limpa para-brisas do Renault Clio deixava de funcionar e o piloto acabaria por cair até ao 5º posto com o vidro dianteiro completamente coberto de lama. Mas Ademar Pereira estava apostado em terminar o ano em beleza e um esforço final ainda permitia ascender ao 3º lugar até à bandeirada xadrez, dando novo pódio ao piloto vianense.


Ademar Pereira comentava-nos no final das provas estar “satisfeito pelo andamento e pelos resultados conseguidos em cada manga. -Consegui andar nos lugares cimeiros mesmo com um carro que era novidade para mim. Apenas tenho pena que na Final tenha sofrido um percalço com os limpa pára brisas que acabou por condicionar todo o resultado principalmente porque senti que dava para ter forçado um pouco o andamento. Ainda assim, o resultado deixa-nos bastante satisfeitos e penso que esta foi uma excelente forma de encerrar a época.
Quero deixar um agradecimento ao Nuno Ralha pela oportunidade de correr com este Renault clio que acabou por ser uma grande ajuda na conquista destes resultados.
Não posso também deixar de agradecer a todos quantos nos apoiaram ao longo do ano e em especial aos nossos patrocinadores por terem estado ao nosso lado.

(Texto e fotos de cortesia)