terça-feira, 29 de setembro de 2015

NÃO É VERMELHA MAS É LINDA E GOSTO DELA ASSIM!

         



                    Na noite de 27 para 28 do mês corrente, tinha acordado antes das cinco horas de manhã e pensei poder testemunhar o eclipse total da Lua vermelha previsto para aquela hora. Levantei-me, então, e ao transpor a porta de casa deparei com uma cortina de espesso nevoeiro a tapar o céu numa cúpula de chumbo que me fez recuar e recolher ao vale de lençóis sem mais veleidades para completar, se possível, o ciclo normal do sono.



           Não vi Lua vermelha e o fenómeno da sombra da terra a tapar o nosso poético satélite, mas, ontem, ainda a noite crescia, lembrei-me de fotografar o disco branco que há pouco acabara de nascer, lindo, redondo e alvo, majestoso e sempre romântico e ainda muito misterioso soberano da noite. Pena não ser artista fotógrafo para a reproduzir o mais próximo possível do seu encanto e leveza que só os olhos podem alcançar. Não obstante aquela limitação, atrevo-me a oferecer as imagens possíveis de uma amador especialmente destinadas aos mais distraídos ou apressados que raramente olham para o céu.




Fotos:doLethes

A ANTÁRTIDA REVELADA NA PRIMEIRA PESSOA PELO CIENTISTA BIÓLOGO CAETANO XAVIER.

 Foto de Biblioteca Arga E Lima.

VIAGENS DE SONHO À
ANTÁRTIDA 

Foto de Jorge Almeida.

"A Antártida, é o mais meridional dos continentes e um dos maiores, com uma superfície de catorze milhões de quilómetros quadrados. Rodeia o polo Sul, e por esse motivo está quase completamente coberta por enormes geleiras (glaciares), exceção feita a algumas zonas de elevado aclive nas cadeias montanhosas e à extremidade norte da península Antártida. A sua formação deu-se pela separação do antigo supercontinente Gondwana há aproximadamente 100 milhões de anos e seu resfriamento aconteceu nos últimos 35 milhões de anos."

         Será este o fascinante mundo dos gigantescos glaciares do polo sul, dos pinguins, albatrozes e demais espécies polares, de que nos irá falar o cientista biólogo marinho, JOSÉ CARLOS CAETANO XAVIER, o qual estará no dia 6, terça feira,  do próximo mês de Outubro, pelas 21 horas, no auditório da Escola Secundária de Lanheses, Viana do Castelo, do Agrupamento Escolar de Arga e Lima, a convite da Biblioteca Escolar.

          É uma oportunidade que não deverá tão cedo voltar a acontecer nesta freguesia, de ouvir relatar na primeira pessoa as aventuras da exploração daquele fantástico continente um laureado cientista português formado em Cambridge (UK) e que há anos se vem dedicando ao estudo daquela zona do globo terrestre, recolhendo informação significativa na campo das ciências biológicas e comportamental das espécies autóctones.

           A sessão é aberta à comunidade em geral sendo recomendável proceder à reserva antecipada de comparência dada a limitação de lugares e o interesse que esta inédita iniciativa está a suscitar.
 

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

QUARTO LUGAR PARA ADEMAR PEREIRA, EM MONTALEGRE.


QUARTO LUGAR SOFRIDO PARA ADEMAR PEREIRA, EM MONTALEGRE

             A segunda visita do Campeonato Nacional de Ralicross à pista transmontana de Montalegre não foi fácil para as cores da Recirosa Competições. Depois da boa exibição registada em
Sever do Vouga, Ademar Pereira partia para esta ronda bastante motivado mas os azares
mecânicos voltariam a condicionar a prestação do piloto natural de Lanheses, Viana do Castelo.
Logo nas sessões de treinos, o Renault Megane da equipa mostrava-se
pouco competitivo
com o piloto a não conseguir extrair todo o potencial do carro. A falta de rendimento no
motor do carro francês agravava-se para a primeira manga e Ademar Pereira não iria além do sexto posto.

Para o segundo dia de corridas a equipa efectuava algumas alterações no carro e as melhorias eram notórias. Se na segunda manga de qualificação Ademar Pereira repetia o sexto lugar, para a terceira manga o andamento melhorava com o piloto de Lanheses a garantir a quarta posição e o apuramento para a final.

Mas este foi um fim de semana destinado aos azares e na final a caixa de velocidades viria a trair uma vez mais as aspirações da equipa. Efectuando toda a corrida com a caixa encravada, Ademar Pereira tentava todos os esforços para acompanhar os adversários mas seria impossível conseguir melhor que o 4º lugar na Divisão "Super Nacional". Ademar Pereira    comentava-nos no final que " este não foi um fim de semana fácil.
Vínhamos bastante motivados mas os percalços mecânicos acabaram por nos condicionar durante toda a prova. Na final, já com o carro a mostrar-se melhor, seria a caixa de velocidades uma vez mais a ditar o resultado. Apesar de tudo, mesmo apenas com a 3ª velocidade, ainda deu para terminar no 4º lugar, um resultado que acaba por compensar o esforço de toda a equipa.


-Não posso deixar de felicitar desde já o piloto João Oliveira pela conquista do título nacional, um título merecidíssimo pelo excelente andamento demonstrado ao longo de toda a temporada.
Quero também agradecer aos nossos patrocinadores e a todos quantos nos apoiam,prometendo continuar a trabalhar para que cada vez maiseste projecto alcance osresultados desejados", disse ainda.

O Nacional de Ralicross entra agora na sua recta final com a última ronda a ficar agendada para os dias 17 e 18 de Outubro na Pista da Costilha, em Lousada.

(Texto e fotos de cortesia)

doLETHES CHEGOU AOS SEIS E CONTINUA.

           



           O doLethes está hoje de aniversário. Faz seis aninhos e o pai-avô está contente por estar aqui a celebrá-lo com redobrada vontade de o levar à cátreda universitária. Vamos ver.


             No primeiro aniversário escrevia aqui:

 
Há um ano, dolethes, apareceu na "net" pela primeira vez. A entrada do autor na blogosfera foi um acto espontâneo, quase acidental, uma simbiose de curiosidade e aventura.


         Cedo me dei conta que esta nova faceta da minha actividade de fim de ciclo profissional continha duas vertentes de relevo para preservar a minha qualidade de vida: manter e estimular o gosto pela escrita que possuo deste o tempo da infância e suster, tanto quanto possível, os efeitos da degeneração física e intelectual que a idade provoca na condição humana. 


         Tenho razões para concluir que aqueles pressupostos foram alcançados.

         Aos poucos, o dolethes, entrou nos computadores mais improváveis e foi-se dando a conhecer. De perto e de longe, o feed-back  ia dando conta das reacções e do grau de interesse que suscitava, sobretudo entre a emigração lanhesense, contribuindo para a formação de uma nova visão sobre a utilidade do blogue para a diáspora levando-lhe, quase em tempo real, novas da terra onde continuam a ter as suas raízes.


         Na minha relação com os visitantes vou continuar manter uma atitude de total abertura e disponibilidade para acolher com todo o interesse reparos ou sugestões que possam tornar este blogue mais útil e interessante. A caixa de comentários estará sempre aberta para receber a opinião de todos os que o desejarem fazer, mesmo para os que queiram optar pelo anonimato, salvaguardadas que sejam as boas regras sociais e legais comummente aceites nas sociedades civilizadas.


           Hoje, a festejar o sexto ano de vida, pouco mais tenho a acrescentar para além do agradecimento pelas mais de 670 mil visitas que por aqui passaram e reiterar a minha determinação em continuar a prestar este serviço em prol da comunidade em que me integro e a que muito me orgulho de pertencer.

         Pelo doLethes
Remígio Costa 

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA


AF Viana do Castelo
Primeira Divisão
Campo 15 de Agosto, Lanheses, Viana do Castelo
2015.09.27

          UD LANHESES. 0 - AD Campos (Valença) 2

                   Lanhesenses: não há duas sem três...

             Mau começo da prova para o UD de Lanheses que leva já três derrotas nas três primeiras jornadas, sendo a de ontem a segunda em casa. Pelo que lhe vi fazer no jogo inaugural onde perdeu pela diferença mínima (2-3) contra o GD Chafé, atual líder da prova e, depois de em Paredes de Coura ter estado próximo de um resultado positivo, os nossos rapazes deixaram-se surpreender em casa desta vez contra o Campos, equipa normalmente acessível a avaliar pelos resultados verificados nas épocas anteriores.

          Há que arrepiar caminho, cerrar fileiras e procurar com determinação e garra, já no próximo jogo em Vila Franca, o caminho das vitórias.
         

 
Jogos Adiados / Suspensos

Fase


Data

24J3Atl. Arcos ADI Castelense 2015-09-27

20J3Valenciano ADI Vitorino de Piães 2015-09-27

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

OUTONO.





                                                             OUTONO




Outono é tempo de poetas
Cenário preferido de pintores
De abrir velhas arcas secretas
Dar asas aos sonhos e lembrar amores.
De ver nascer o Sol a cada dia
A matizar as folhas a cair
Das árvores onde resta a melancolia
De um corpo que foi belo, por cobrir.
Outono dos poentes de fogo
Pela tarde quando o dia cai no mar
E com a cabeça posta no teu colo
Ouço o som melódico das ondas a espraiar.
No crepúsculo da noite que se apressa
Faz-se de estrelas o Céu profundo
Donde irradia luz que é promessa
De ser a paz de outono lei do mundo.




2015.09.25


Remígio Costa




ATIVIDADE DESPORTIVA DO UDL PARA O FIM DE SEMANA - Cartaz e análise da 3ª jornada



                  Ainda à procura da primeira vitória na prova o União Desportiva de Lanheses (UDL) vai defrontar amanhã no 15 de Agosto, em Lanheses,  a AD de Campos (Valença) na 3ª Jornada do campeonato da 1ª divisão da AFVC. No jogo de abertura  da prova realizado em casa, os lanhesenses não conseguiram derrotar o Chafé (2-3) e, no último domingo, perderam em Paredes de Coura pela diferença mínima (1-0).

                  O Campos, tendo sido derrotado fora no jogo inicial, conseguiu bater no seu reduto por 2-0 o conjunto de Moreira do Lima, somando deste modo uma derrota e uma vitória parecendo, pelos resultados conseguidos até agora, ser uma equipa ao alcance do UDL, que não deverá desperdiçar esta oportunidade para se estrear nas vitórias.

                   A 3ª Jornada comporta os seguintes confrontos: