domingo, 31 de março de 2013

SOL (TAMBÉM) FOI À CORREDOURA PARA VER O COMPASSO PASSAR.

           

           O Sol apareceu por breves momentos quando o Compasso Pascal descia a Rua da Estrada da Igreja de Santo Antão para a Corredoura, substituindo-se à chuva miudinha que não parou de cair desde que a comitiva reiniciou a visita após o almoço. Se a festa da Páscoa já há muito que nada tem a ver com o que foi no passado, no tempo em que a ida a Santo Antão e à Corredoura se fazia a pé, na era do automóvel onde as pessoas estão comodamente abrigadas da chuva ou o "passar pelas brasas" depois do cabrito, é uma autêntica "seca"



              Na primeira passagem pelo percurso habitual que fiz cerca das 17 horas, ainda ali não havia praticamente ninguém. Salvo um ou outro curioso que circulava a passo ao volante, com a esposa e a sogra dentro, nem viv'alma se vislumbrava por ali. Quando, já depois das 19 horas, ali voltei para colher algumas imagens, já o Compasso entrava numa das duas casas que aguardavam a sua chegada, e, na rua, já com alguns tímidos raios de sol a escapar por entre os rasgos das nuvens, tocava a charanga "Amigos da Areia" dando uma nota alegre ao ambiente cinzento por momentos desanuviado.










VISITA PASCAL, EM LANHESES.

      
A comitiva do Compasso no início do segundo período da visita pascal.

       O Compasso retomou há pouco o segundo período do dia da visita pascal, após ter feito uma pausa para o almoço tradicional, onde participaram familiares próximos e alguns convidados do Mordomo da Cruz, este ano, como já é conhecido, a cargo de José Quintas, do Lugar do Seixô.

                A visita teve início cerca das 8,30 horas para fechar o período da manhã, na Taboneira, perto das 13 horas. Seguir-se-ão, na forma dos anos anteriores, os lugares a norte de Lanheses para concluir descendo a Rua da Estrada da Corredoura desde o Lugar do Monte até à Igreja Paroquial.




                                   O "jantar" da mordomia

                O tempo previa-se de chuva e ela chegou a cair mas não de forma muito constante e intensa não inviabilizando ou dificultando a caminhada dos componentes da comitiva. Embora com  o céu tapado pelas nuvens faz uma temperatura agradável e os lanhesences que se vêem nas ruas para beijar a cruz em casas de amigos ou de familiares fazem-no sem recurso a guarda-chuva ou outras protecções adequadas.

                Nada de diferente em relação ao que é habitual acontecer na visita pascal de outros anos passados. 




                O "rapaz" da campainha (o Azevedo, bem disposto)

EL PAPA FRANCISCO, TANGO DE DANIEL URSINI

              O Papa Francisco nasceu e viveu na Argentina e, com toda a naturalidade, é um entusiasta apreciador de tango, a música nacional daquele país de América do sul. Em sua homenagem, Daniel Ursini criou uma canção musicada em ritmo de tango onde se enaltecem as qualidades pessoais do novo Pontífice e empatia que tem vindo a criar com os mais carenciados, o povo simples que ele elegeu como preocupação maior do seu pontificado, que vê nele uma nova esperança no caminho da Humanidade e na renovação da Palavra de Cristo na Igreja Católica.

              Com os desejos de uma Santa Páscoa e um domingo de bem estar para todos, a música nacional do grande país da América do Sul.


sábado, 30 de março de 2013

REGISTO FOTOGRÁFICO DA CELEBRAÇÃO DO DOMINGO DE RAMOS, EM LANHESES.

Por sugestão e simpática disponibilidade, que muito me apraz agradecer, do nosso conterrâneno e amigo que muito prezo, Amaro Rocha, divulgo a fotografia do início das cerimónias próprias do Domingo de Ramos, em Lanheses, com a saída da Cruz da Capela do Senhor do Cruzeiro e das Necessidades conduzida pelo respectivo Mordomo José Quintas, vendo-se ainda o padre Belo, Ministro da Eucaristia celebrada na Igreja Paroquial, no impedimento do pároco residente padre Daniel Rodrigues por motivos de doença.
Posted by Picasa

UDLANHESES PERDE EM CASA COM O MOREIRA (JÚNIORES)

AF Viana do Castelo
Júniores A (sub-19)
Em Lanheses
30.03.2013.


                        UD LANHESES, 1 - Moreira (Monção), 5

                        Realizou-se esta tarde no campo do UDL mais uma jornada do campeonato distrital na categoria de júniores, tendo-se defrontado o Moreira, do concelho de Monção e o UD Lanheses.

                       A equipa forasteira venceu sem margem para qualquer discussão esta partida, revelando possuir uma mão cheia de jogadores bem dotados tecnicamente e uma segurança e organização de jogo que lhes permitiu controlar e comandar a partida durante a maior parte do tempo.


                 O prof. Marinheiro, treinador da equipa júnior.

                      Os jovens lanhesences, treinados pelo antigo jogador do UDL e Limianos professor Marinheiro, acusaram em demasia a esperada supremacia do líder actual da prova tendo cometido algumas falhas, que os jogadores de Moreira souberam explorar da melhor maneira, convertendo-as em golos. Apesar disso, e por estranho que possa parecer, os locais dispuseram em toda a partida de mais e melhores situações para chegar ao golo, as quais não foram aproveitadas, ou por falta de eficácia dos jogadores no momento da decisão ou por acção do excelente desempenho do guarda-redes do moreirense, que  mostrou ser  quase intransponível. Tivesse havido instinto de matadoi por parte dos jogadores locais e o resultado final chegaria a números surpreendentes...

                      A equipa do UDL está recheada de jogadores muito promissores carecendo porém, alguns deles, de maior experiência que lhes teria sido muito útil nesta partida. É transparente que têm capacidade para fazer mais e melhor. Um dos que mais me impressionou, embora não seja o único, foi o número oito, um jogador "à Moutinho", tanto na figura como na entrega ao jogo, em todo o tempo e em todo os espaço do relvado. É evidente o prazer que possui em jogar futebol. Marinheiro deve tê-lo debaixo de olho...

                      Nada a dizer da arbitragem.

Cronometragem dos golos: 0-1, aos 5' (a.g.), 0-2, aos 8', 0-3, aos 29'; 1-3, aos 48', 1-4, aos 57' e 1-5, aos 90+2'.

                    A equipa de árbitros esteve em bom plano.


                                    A seguir: fases do jogo

                                           O UDL equipou de azul



          Imagens do show do guarda-redes do Moreira. A seguir.
                  










   Conformismo do jogador do UDL perante nova oportunidade de golo desperdiçada.


Este guarda-redes foi o responsável pelo desnivelamento do resultado final do jogo.





Apesar da estatura, quem mais se fez notar na equipa do UDL foi o nº 8, um clone de João Moutinho que gosta de jogar à bola.


RESULTADOS DA JORNADA E CLASSIFICAÇÃO GERAL

JORNADA 232013-03-30
Vianense 7-0 Vila FriaSugerir Video
Darquense 30/03  15:00 SC Courense

Ancorense 0-3 ADC CorrelhãSugerir Video
UD Lanheses 1-5 UD MoreiraSugerir Video
Cerveira 30/03  15:00 AD Barroselash2h
Melgacense 06/04  16:00 ARC Paçôh2h



PJVEDGMGSDG
1Vianense492015418316+67
2Subiu 1 posições UD Moreira461815126629+37
3Desceu 1 posições AD Barroselas451814316116+45
4ADC Correlhã391912344024+16
5ARC Paçô32209564934+15
6Cerveira311710164024+16
7UD Lanheses28199194349-6
8Ancorense262082104148-7
9Atl. Arcos22196493237-5
10Ponte da Barca212063112546-21
11Darquense161944112846-18
12Melgacense151750121341-28
13Vila Fria72121182886-58
14SC Courense61920171972-53