segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Encontro (2º) de Concertinas de Lanheses




           No próximo dia 10 de Março decorrerá o 2º Encontro de Concertinas de Lanheses no lugar do Monte junto ao Campo de Tiro. Haverá variadas actividades tendo sempre por base a divulgação e promoção da concertina. As entradas são gratuitas e todos os visitantes terão ao seu dispor bebidas e porco no espeto. Organização a cargo da empresa RECIROSA, Lda.

           Para mais informações, contactar 962572490 - Ademar Pereira.


FACTOS & FOTOS PARA PARTILHAR.

            O QUE É? O QUE PARECE SER?

                                          Escultura em jardim?

                                                Tartaruga bébé?

                                                        Cardume de espécie exótica?

                                            Peluche fofinho para bebé brincar?

                  TODAS ESTAS IMAGENS RESPEITAM À MESMA FIGURA FOTOGRAFADA. DE QUE SE TRATA?

                                Há, no lado oposto ao fotografado, um quarto limão acoplado idêntico ao que se vê. Ao lado, um limão normal.

          TRATA-SE, EFECTIVAMENTE, DO FRUTO DO LIMOEIRO, MAS, SÓ COM ALGUMA RELUTÂNCIA SE ACREDITA SER UM LIMÃO. MELHOR SERÁ DIZER QUE, EM BOA VERDADE, SÃO QUATRO (!!) OS LIMÕES QUE NASCERAM UNIDOS ENTRE SI, DO QUE RESULTOU ESTE CONJUNTO EXTREMAMENTE CURIOSO E EXTRAVAGANTE.

             BIZARRIAS DO LIMOEIRO DE UM QUINTAL PERTO DE MIM.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

EROSÃO NA MARGEM DO LIMA COM OS DIAS CONTADOS.

   

      Está em vias de ser solucionado o problema da erosão que ocorre na margem direita do Lima no sítio da Passagem, que se vinha a acentuar de ano para ano a ponto de estar perto de chegar ao caminho da veiga, em virtude de ter sido aprovado e financiado em 200 000 mil euros um projecto considerado de intervenção rápida no âmbito das competências da A.R.HN- Administração da Região Hidráulica do Norte para os rios e seus estuários. Na sequência da recente visita a Viana do Castelo do Senhor Secretário de Estado do Ambiente, Pedro Afonso Paulo, os deputados do PSD pelo Círculo, pela voz do dr. Eduardo Teixeira, chamaram a atenção e instaram aquele membro do Governo para a urgência em ser encontrada uma rápida solução para sustar sem mais delongas o avanço do rio, o qual obteve o assentimento e classificação para intervenção imediata.


           Esta tarde, Eduardo Teixeira, acompanhado do presidente da Concelhia do PSD Morais Vieira, do presidente e secretário da Junta de Freguesia, respectivamente, Ezequiel Vale e Hélio Franco, Marília Nunes, António Grenho, presidente da Assembleia da Freguesia, P. Jorge, padre Daniel Silva e José A. Amorim e outros, estiveram no local para avaliarem da intervenção constante do projecto, e, bem assim, estudarem as possibilidades de acrescentar sugestões para obter outras melhorias designadamente a introdução de um ancoradouro para as embarcações ali fundeadas.


           Antes da deslocação ao Rio Lima, a delegação do PSD esteve no Centro Social Riba Lima em construção para conhecer o actual estado e pormenores da obra grandiosa que está a ser levantada nesta freguesia para servir, também, Vila Mou e São Salvador da Torre, tendo sido acompanhado na visita pelo Director do Centro Social e Paroquial, Daniel da Silva Rodrigues, o qual teve oportunidade de elucidar o deputado dr. Eduardo Teixeira de todos os aspectos relacionados com as valências que ali vão funcionar e do esforço e engenharia financeira necessários para levar a Obra até esta fase sem ter recebido qualquer verba das entidades oficiais.

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA.

AF Viana do Castelo
         Divisão de Honra

         Estádio de Lanheses:

                                 Tomaram o gosto à relva....

        UNIÃO DESPORTIVA DE LANHESES, 3- Ponte da Barca, 1

































sábado, 25 de fevereiro de 2012

LUDOVINA RODRIGUES MENDES: A VIDA CONTINUA AOS 106 ANOS!

                           Ludovina Rodrigues Mendes, faz 106 anos!


            Chegar aos 106 anos de idade com a lucidez, desenvoltura e saúde de LUDOVINA RODRIGUES MENDES, não é privilégio de que muitos se possam gabar. Esta Mulher, que parece desafiar as leis da efemeridade desta vida terrena e persiste em ignorar o tempo como se este dela se tivesse esquecido, já anda neste mundo difícil e perigoso há CENTO E SEIS ANOS!, não deixando transparecer no modo como se comporta de que não venha ainda por muito mais tempo a resistir à erosão física e mental que o tempo diacrónico provoca nas células do corpo humano.

              Fui ao encontro de Dona Ludovina num restaurante próximo onde, de há anos a esta parte, a centenária aniversariante faz questão de celebrar com a família este dia tão marcante da sua já longa existência. Dos cinco filhos (três homens e duas mulheres) que criou sozinha desde quando há muitos anos perdeu o marido, acompanhavam-na quatro estando um ausente no estrangeiro. Duas noras e um genro completavam o grupo presente a seu lado. Olhou-me com alguma surpresa quando me viu, e, logo, virando-se para a  filha ao seu lado, perguntou: -Quem é?. Não estranhei por o meu nome nada lhe dizer, porque, a última vez que estivemos juntos foi precisamente há um ano. -É o Remígio, o Mordomo da Cruz deste ano. Quer tirar-lhe o retrato -Ah, está bem. Mas ajeita-me, apressou-se a lembrar.


              O local não permitia, sem incómodo para as outras pessoas que se encontravam na sala, usar um tom de voz elevado para um diálogo directo com a aniversariante que tem diminuída a sua capacidade auditiva, mas vê ainda muito bem e fixa o seu olhar ainda com fulgor no rosto das pessoas tentando ler os movimentos da boca. Foram os presentes que me confirmaram que a veneranda anciã continua com elevado grau de autonomia na sua via quotidiana, faz questão de participar em algumas actividades domésticas e aprecia ver televisão, principalmente as notícias. É frugal na alimentação e não abdica de um golito de bom vinho ao almoço e jantar. Nem a visita periódica do "senhor Abade" com quem adora conversar. Ah, aprecia ir ao restaurante onde o pessoal já a conhece e a enche de mimo, servindo-lhe um bacalhau tão delicioso que nem uma rainha desdenharia degustar.


               Um caso raro de longividade com qualidade de vida o da nossa conterrânea LUDOVINA RODRIGUES MENDES, de fazer inveja a muitos com metade da sua provecta idade.

               PARABÉNS, Tia Bina, e recomende-me nas suas intenções para ter o prazer de lhe dar mais um beijinho em 25 de Fevereiro de 2013.

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA. Calendário de Jogos.



Jogos para 25 e 26 de Fevereiro:

Seniores: U.D. LANHESES * A.D. Ponte da Barca - 26/02/12 - 15h - Estádio 15 de Agosto - Lanheses

Juniores: U.D. Moreira * U.D. LANHESES - 25/02/12 - 15h - Moreira

Juvenis: U.D. LANHESES * S.Cl. Valenciano - 25/02/12 - 15h - Estádio 15 de Agosto - Lanheses

Iniciados: Folga

Infantis: Deocriste F.Cl * U.D. LANHESES - 25/02/12 - 10h - Deocriste

Benjamins: A.D.Cl. Perre * U.D. LANHESES - 25/02/12 - 11h - Perre

Veteranos: U.D. LANHESES * Sta. Marta  - 25/02/12 - 17h - Estádio 15 de Agosto - Lanheses



quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

FALECIMENTO.

 

             ANÍBAL MARTINS DA COSTA QUINTAS, de 84 anos de idade, casado, do Lugar da Granja desta freguesia, faleceu quinta-feira dia 23 de Fevereiro, por motivo de doença.

            O funeral vai realizar-se no dia 25, sábado, pelas 10h, saindo o corpo em cortejo fúnebre da sua residência na Travessa da Fonte da Granja para a Igreja Paroquial onde será celebrada uma missa de corpo presente, finda a qual irá a sepultar no cemitério desta freguesia de Lanheses.

                  À família enlutada apresento as minhas condolências.


FALECIMENTO.

          

              ROSA DELMIRA AGRA GOMES RIO,(Rosa Fires) de 72 anos de idade, viúva, com residência na Rua da Estrada Central, nesta freguesia, faleceu hoje quinta-feira dia 23 de Fevereiro, por motivo de doença.

            O funeral vai realizar-se amanhã, sexta-feira dia 24, pelas 16,30h, saindo o corpo da Capela do Senhor do Cruzeiro e das Necessidades onde se encontra em câmara ardente, para a Igreja Paroquial, onde será rezada missa de corpo presente finda a qual irá a sepultar no cemitério desta freguesia.


            À família enlutada apresento as minhas condolências.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

JOANA BARROS.

        
                 Durante (apenas) um ano tivemos o privilégio de ter entre nós uma jovem  no início do exercício da carreira profissional afim das habilitações superiores que possui, com a missão de organizar e dinamizar acções de entretenimento e de lazer dirigidas às pessoas com idade a partir de 50 anos, abrangendo as três freguesias que assinaram o projecto em curso da Obra Social Riba Lima: Lanheses, Vila Mou e São Salvador da Torre.

            Por força da cessação do contrato que celebrara com a Câmara Municipal de Viana do Castelo para o cumprimento das acções constantes dos seus programas de apoio à pessoa idosa, a drª Joana Barros já não poderá prosseguir  com o projecto que aqui vinha desenvolvendo de forma tão profícua e apaixonada.

            Quem privou de perto com esta educadora de figura ilusoriamente imatura e de aparente fragilidade física, não precisou de muito tempo para se aperceber de estar em presença de uma pessoa com uma enorme sensibilidade para entender e cativar o grupo etário heterogéneo que congregou ao seu redor, da sua capacidade de organização e liderança, na percepção dos costumes e das tradições do meio rural que desconhecia e a matriz da cultura e saber da sua gente, e, bem assim, testemunhar os sucessos verificados nas muitas e variadas iniciativas que promoveu sempre com paciência e simpatia imensas nas relações com as pessoas com quem contactava.

            Aqueles que, comigo e com a minha mulher, integramos diversas acções do programa aqui posto em prática e tomarem conhecimento do que agora escrevo sabem bem que não há qualquer exagero no reconhecimento do mérito devida à Joana, comprovado pelas muitos gestos de carinho que lhe eram prestadas nos convívios realizados.

            A Joana escreveu-me por e-mail palavras de muita simpatia que sinto serem genuínas e, por isso, as tenho por muito gratificantes, mas, que não posso deixar de considerar, manifestamente, desmedidas. Por isso, entendo-as como extensivas ao grupo de mulheres e homens que viveram esta frutuosa experiência, divulgando o belo texto por ela escolhido para nos dizer dos sentimentos e emoções que guarda da vivência em comum nesta localidade.

           

"Dedico este poema a todos aqueles que me acompanharam e me fizeram muito feliz ao longo da minha estadia por aí e é claro que você teve um peso enorme nesta felicidade.

"Meus amigos são todos assim: metade loucura, outra metade santidade. Escolho-os não pela pele, mas pela pupila, que tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. Escolho meus amigos pela cara lavada e pela alma exposta. Não quero só o ombro ou o colo, quero também sua maior alegria. Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto. Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos, nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice. Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto, e velhos, para que nunca tenham pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou, pois vendo-os loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que a normalidade é uma ilusão imbecil e estéril".
Fernando Pessoa

 

          


FALECIMENTO.

          

               MARIA DA ENCARNAÇÃO CUNHA E CASTRO (Miguelinha), de 91 anos de idade, solteira, professora na situação de aposentada, que residia no lugar do Outeiro, faleceu hoje quarta-feira, 22 de Fevereiro, por motivo de doença.

          O funeral vai realizar-se amanhã, quinta-feira dia 23, pelas 16h, saindo o corpo da Capela Mortuária de Nossa Senhora da Esperança onde se encontra em câmara ardente para a Igreja Paroquial, onde será rezada missa de corpo presente, finda a qual irá a sepultar no cemitério desta freguesia.


          À família e às pessoas das relações de amizade desta nossa conterrânea e amiga apresento as minhas condolências.

          

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

FACTOS & FOTOS PARA PARTILHAR

                                              É CARNAVAL, NINGUÉM LEVA A MAL.


                      - MARIA, NÃO VAI RESULTAR: NINGUÉM VAI ACREDITAR QUE O DISFARCE É FEITO DO PAPEL RECICLADO DO BPN QUE ANDÁVAMOS A POUPAR HÁ MUITOS ANOS...

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

FALECIMENTO.


MARIA LOURDES RODRIGUES DA ROCHA, de 92 anos de idade, que residia no lugar do Monte, desta freguesia faleceu, hoje, segunda-feira dia 20 de Fevereiro, por motivo de doença.

O funeral vai ocorrer amanhã, terça-feira dia 21 de Fevereiro, pelas 16,30h, saindo o cortejo fúnebre da Capela Mortuária de Nossa Senhora da Esperança onde o corpo se encontra exposto para a Igreja Paroquial, onde, depois de celebrada missa de corpo presente irá a sepultar no cemitério desta freguesia.

                À família, endereço as minhas condolências.

GIL EANNES, UM BARCO COM VIDA.

                
             Tem mil história para contar maravilhosas este navio ancorado na doca de Viana do Castelo, que nenhum vianense que se preze pode ignorar. É um barco lindo, único, construído nos nossos Estaleiros Navais, andou por portos e mares gelados do norte, foi alívio e cura, e Pátria, para portugueses e estrangeiros sem conta. Foi desprezado, quase sucumbiu à ferrugem e à degradação sem recuo. Resistiu e salvou-se. É herói. Continua a prestar serviços que não têm preço. É nosso, está em Viana, sempre disponível para receber. Fala, pela voz de José Nicolau, a quem está confiada a preservação e recuperação da sua estrutura interior e equipamento. E, como ele o conhece e ama.

             

            
   ALUNOS do 2º ano da Academia Sénior do IPVC, em visita ao Gil Eannes




          José Nicolau, o "médico" sabedor que cuida da saúde do "amigo" Gil Eannes. (à esquerda)

                                            Francisco Sampaio, orientou a visita.



                                      Uma vista de Santa Luzia, a partir do Gil Eannes

                                    Navio hospital, na Terra Nova. 

                               Santa Maria Madalena (maqueta), um filho de Viana "adoptado" pela Gafanha da Nazaré. A mágoa que não se extingue de o não ter em casa.

                      Hotel Aliança, hóspedes nunca mais.

                                                  Viana linda!