quinta-feira, 30 de setembro de 2010

D. ARMIMDO LOPES COELHO



D. Armindo Lopes Coelho faleceu esta manhã com 79 anos, depois de uma vida dedicada à igreja

         D. Armindo Lopes Coelho, que foi Bispo da Diocese de Viana do Castelo entre 27 de Outubro de 1982 a 1997, altura em que foi designado Bispo do Porto faleceu, ontem, aos 79 anos de idade.

         Tive a honra e o privilégio de conhecer pessoalmente D. Armindo e com ele conviver alguns momentos, em Lanheses, ficando extraordinariamente encantado com a sua simpatia e afabilidade e pelo seu discurso simples e acessível.

         Por isso, lhe rendo a minha homenagem e lamento o seu desaparecimento prematuro quando muito haveria a esperar da sua inteligência e saber.
      

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Parlamento sueco dá exemplo de transparência



      O Governo acaba de tornar públicas as primeiras medidas de austeridade destinadas a resolver a grave crise económica e financeira que asfixia o país e restabelecer a confiança dos credores externos que financiam, a juros cada vez mais altos, os empréstimos de que Portugal precisa para investimentos e despesas públicas.

      A debilidade da nossa economia e a fraca competitividade que limita a capacidade de venda dos nossos produtos no estrangeiro, colocam Portugal numa situação de dependência do exterior que leva ao agravamento da nossa dívida externa (importamos muito mais do que produzimos), exigindo dos portugueses um esforço duro para que possam ser cumpridas as exigências impostas pela Comunidade Europeia.

     Como sempre, quem mais vai sentir na pele os efeitos desta redução do rendimento familiar são os mais débeis economicamente, os que não têm mais responsabilidades do que terem confiado o seu voto aos políticos que deveriam governar o país e se mostraram incompetentes.

     O vídeo que inserimos deve ser visto como exemplo de comparação entre o que se passa em alguns países da vanguarda europeia, que em termos de recursos naturais não foram tão privilegiados como o nosso, e não será difícil concluir quem são os maiores usuários dos impostos que nos cobram...
     
     
     


    

REGRESSA "O FUTEBOL DA NOSSA TERRA".



     É já no próximo domingo que se inicia o Campeonato Distrital da 1ª Divisão de Honra da Associação de Futebol de Viana do Castelo (AFVC). O regresso do UDL à prova principal dos distritais é apadrinhado pela A. D. C. da Correlhã. O encontro está marcado para as 15 horas e, no intervalo, vão ser apresentadas as diversas equipas dos escalões de formação do clube, bem como a do Futsal Feminino e Veteranos.

    
 TROFÉU doLethes.

    Como já foi divulgado, neste encontro dar-se-à início à votação para o TROFÉU doLETHES, o qual visa escolher, por votação do público e através dos bilhetes de ingresso e do habitual sorteio que se realiza no intervalo do jogo, o atleta do União Desportiva de Lanheses, que conidere ter sido o "MELHOR EM CAMPO". Para o efeito, os votantes devem inscrever o nome ou número do jogador do UDL nos referidos bilhetes e depositá-los, à saída, em caixa apropriada.


    O resultado da votação será publicada jogo a jogo em www.dolethes.blogspot.com/ e, semanalmente, será divulgada a classificação geral.


   Ao atleta do UDL que no final das provas em que a contagem vai ser feita ficar classificado em primeiro lugar, terá direito a receber o TROFÉU DOLETHES.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

DOLETHES FAZ UM ANO!



         Há um ano, dolethes, apareceu na "net" pela primeira vez. A entrada do autor na blogosfera foi um acto espontâneo, quase acidental, uma simbiose de curiosidade e aventura.


         Cedo me dei conta que esta nova faceta da minha actividade de fim de ciclo profissional continha duas vertentes de relevo para preservar a minha qualidade de vida: manter e estimular o gosto pela escrita que possuo deste o tempo da infância e suster, tanto quanto possível, os efeitos da degeneração física e intelectual que a idade provoca na condição humana. 


         Tenho razões para concluir que aqueles pressupostos foram alcançados.

         Aos poucos, o dolethes, entrou nos computadores mais improváveis e foi-se dando a conhecer. De perto e de longe, o feed-back  ia dando conta das reacções e do grau de interesse que suscitava, sobretudo entre a emigração lanhesense, contribuindo para a formação de uma nova visão sobre a utilidade do blogue para a diáspora levando-lhe, quase em tempo real, novas da terra onde continuam a ter as suas raízes.


         Na minha relação com os visitantes vou continuar manter uma atitude de total abertura e disponibilidade para acolher com todo o interesse reparos ou sugestões que possam tornar este blogue mais útil e interessante. A caixa de comentários estará sempre aberta para receber a opinião de todos os que o desejarem fazer, mesmo para os que queiram optar pelo anonimato, salvaguardadas que sejam as boas regras sociais e legais comummente aceites nas sociedades civilizadas.

        Remígio Costa
Foto: blogue "O Jumento"
        
 
         

      

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

REGIONALIZAR OU NÃO?

         O Jornal de Notícias (JN) publicou no último domingo, um trabalho de Alexandre Marques abordando o tema da regionalização e o que pensam algumas figuras políticas sobre o assunto. Na impossibilidade de aqui ser transcrito, dada a sua extensão,  o interessante artigo daquele periódico, aqui ficam algumas passagens do referido trabalho.

         Assim, Pedro Passos Coelho, líder do PSD, advoga um modelo gradual, do tipo experimentalista, com uma região-piloto que possa, no futuro levar à criação de um mapa onde apareçam cinco regiões -correspondentes aos limites de actuação das actuais Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR).

         Ângelo Correia, antigo membro do Governo e ex-dirigente do PPD/PSD, não é adepto da regionalização; "Tenho imensas dúvidas. Se tivesse a garantia de que não agravava os custos e que seria um instrumento de reorganização do Poder autárquico, não me importaria, mas não vai ser", diz.

         Carlos Brito, ex-dirigente comunista, é acérrimo defensor da regionalização desde a Assembleia Constituinte -"um dos combatentes da primeira linha" e que ela "se justifica cada vez mais, porque também se acentuam cada vez mais as desigualdades inter-regionais", afirma. Rejeitando que implique um aumento de despesa pública, esclarece; "Isso é um dos muitos argumentos que os centralistas criam para que as pessoas fiquem confundidas e não sejam sensíveis a todo o alcance dessa reforma".

         Contrariamente manifesta-se o ex-ministro das Finanças, Eduardo Catroga: "Seguramente que aumentará a despesa pública porque é criado mais um patamar de decisão política, com mais estruturas de Administração Pública a nível regional, havendo duplicações, redundâncias e excesso de despesas", remata. Mais adiante, refere ainda o antigo ministro de Cavaco Silva: "Além de que, Portugal, em si é já uma região da Península Ibéria, com a dimensão da Catalunha", pelo que, para Catroga, "é, como diz o povo: seriam demasiados chefes para poucos índios".

        Já para o ex-Ministro socialista, João Cravinho, seria útil os partidos aproveitarem "o próximo processo de revisão constitucional para admitir a criação de uma ou mais do que uma região-piloto.

       Para Moita Flores, presidente da Câmara de Santarém e ex-inspector da Polícia Judiciária: "Se a regionalização fosse um instrumento de desenvolvimento...mas não acredito porque os partidos estão viciados em lugares e "tachos" e clientelas". Reconhece, ainda: "O problema é que isso leva logo à "cacicagem" do costume a querer ocupar lugares e para isso já chegam os Governos Civis", ironiza.

      Outras figuras mais da vida política deixam expressas as suas opiniões sobre o tema que volta, assim, à ribalta da actualidade política nacional e interessa a todos os portugueses, pelo que se recomenda a sua leitura, muito útil à formação de uma opinião própria consciente e esclarecida.

CAMINHAR NO OUTONO.

      
 
          A 9ª Caminhada do programa "Vencer a idade com Saúde", promovido pela Câmara Municipal  de Viana do Castelo, decorreu no passado sábado, cabendo a sua organização à Turma de Santa Marta e Cardielos.

          A partida foi dada no lindo e esmerado recinto da Igreja de Cardielos, onde o granito do pavimento e muros predomina em harmonioso desenho, para um grupo desta vez não muito numeroso mas, mesmo assim, com cerca de três centenas de participantes, tendo como orientadores o regressado professor João Viana e Arlindo.


          Com o monte de S. Silvestre ali tão perto a mostrar as chagas da devastação provocada na mancha verde do pinheiral pelo incêndio ali ocorrido em Agosto, o grupo virou ao sul ao encontro do Rio e, pela sua margem direita, atravessar o parque do Barco do Porto para, depois, rumar à direita e chegar ao Largo de Santa Marta de Portuzelo. Uma hora e quinze minutos e cerca de cinco quilómetros e meio depois da partida, sob a orientação do professor Viana o grupo terminava com os habituais exercícios de relaxamento mais uma magnífica caminhada.

sábado, 25 de setembro de 2010

PARA A ETERNIDADE.

          


         FRANCISCO PEREIRA DO VALE, casado, de 70 anos de idade, residente no lugar da Rocha faleceu, num hospital do Porto onde estava internado há dias, por motivo de doença.

         O funeral está marcado para hoje, domingo, para as 17H30, saindo o corpo da sua residência do acima mencionado lugar da Rocha para a Igreja Paroquial, onde será celebrada uma missa de corpo presente, após o que irá a sepultar no Cemitério Paroquial em campa da família.

          

CAMINHADA DO OUTONO.

          A organização da caminhada do programa "Vencer a Idade com Saúde", patrocinada pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, está a cargo da Turma de Santa Marta e Cardielos, estando marcada para hoje com início às 15 horas.

          A concentração é feita como habitualmente junto à Pousada da Juventude, em frente à marina da Argaçosa, em Viana do Castelo, seguindo dali os participantes de autocarro para o local onde está previsto o início do percurso.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

A IMPLANTAÇÃO DA REPÚBLICA NO ALTO MINHO.

 “Novas Conversas sobre nós” nos 100 anos da República
 

CONVITE  
              O CER apresenta mais uma actividade para comemorar o Primeiro Centenário da República.

Assim,

                 Sábado, Dia 25 de Setembro, às 10h

                 Conferência sobre “A Implantação da República no Alto Minho “ pelo Dr. Carlos Branco Morais.
 

No Auditório do MAA / Museu de Arte e Arqueologia, Rua Gen. Luís do Rêgo

Entrada livre. Divulgue

                  Carlos Branco Morais é Economista e Professor. Foi presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo (1990-1994), presidente da comissão instaladora da Escola Superior Agrária de Ponte de Lima e vogal da comissão instaladora do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (1986-1990).
                  Membro do Conselho Cultural da Universidade do Minho (1987-1994) e da Société d’Histoire de la Suisse Romande (desde 2003).
                  De entre os livros de que é autor destacam-se Organização e Métodos (1977 - 17.ª edição, 1994), Introdução à Economia (1978 – 14.ª edição, 1989), Organização e Administração de Empresas (1979 - 8.ª edição, 1992) e Relações Públicas (1981 – 9.ª edição, 1991), todos da Editora Figueirinhas, Porto.
                  Está a concluir a escrita de Portugal visto de Espanha – Monarquia e República (1902-1917).

Contactos sobre estas iniciativas e as demais
                  CER – Largo Instituto Histórico do Alto Minho, à Matriz, Viana do Castelo
Telefone 258 828 192 estudosregionais@sapo.pt
Mais em www.cer.pt

“Novas Conversas sobre nós” 2010-2011

ENCONTRO DE EMBARCAÇÕES TRADICIONAIS.

          O barco água-arriba "LANHEZES" participou no último fim de semana no Encontro de Embarcações Tradicionais do Rio Lima, o qual se realizou em Viana do Castelo, no estuário do rio em frente ao edifício da nova biblioteca, tendo sido a vedeta do acontecimento.

          Em número de cinco, os modelos das antigas embarcações, todas elas de menor dimensão do que o barco da nossa freguesia, evoluiram no estuário da nova zona ribeirinha da foz do Lima, para gáudio de centenas de pessoas presentes na Praça da Liberdade. Foi mais um motivo de muito orgulho e satisfação do Caninhas, que conduziu o barco com a vela quadrangular que há muitos anos já não era vista na capital do distrito.

         

FALTA INVESTIMENTO, ESTRADA NÃO ABRE.

      
          O ramal construído para dar acesso directo à fábrica das eólicas da ENERCON na Zona Empresarial de Lanheses, cujo custo de construção atingiu um milhão de euros em expropriações e estradas, custos assumidos pela Câmara Municipal, ainda não foi aberto ao trânsito não obstante estar já há muito concluído.

          Ao contrário do que se previa, a referida unidade fabril não está a funcionar de harmonia com o que estava previsto e foi amplamente divulgado, tendo aquela multinacional há bem pouco tempo anunciado o congelamento do investimento que tinha previsto fazer em Portugal.Circulam, até, rumores de que está eminente a dispensa de oitenta trabalhadores.

          Os proprietários dos terrenos expropriados para ampliação do espaço da Zona Industrial, esperam desde 2008 o recebimento das importâncias a que têm direito pela expropriação a que foram sujeitos, estando dispostos a manifestarem a sua insatisfação perante as autoridades que aqui se deslocarem quando e se houver qualquer cerimónia destinada a inaugurar o novo ramal, antes de lhes ser pago o valor da indemnização devida.



  
        

        

VAGA DE ASSALTOS.

          Em duas noites da semana que decorre ocorreram em diferentes lugares da freguesia várias acções de roubos em bens e utensílios de lavoura, em circunstâncias e autores ainda não devidamente identificados.

          Depois de terem tentado introduzir-se nas instalações da Escola de Condução, à Rua de Santa Eulália, os energúmenos provocaram danos na porta de entrada sem lograr concluir os seus claros objectivos de se apropriarem do recheio ali existente; na última noite, noutro lugar, (Corredoura) assaltaram um galinheiro levando as aves que puderam e apropriaram-se de um carrinho de uso doméstico, prosseguindo a sua acção na casa de uma idosa, conhecida por Maria Lucas, perpetrando novo acto criminoso.

         Não há, para já, indícios sobre o(s) autor(es) desta onda criminosa mas certamente que as autoridades competentes estão atentas e actuarão no sentido de a suster para tranquilidade da população.

        

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

COLÓNIA DE VISOM-AMERICANO, NO "OLHO".

       
        Tenho vindo a observar o local do "Olho" onde apareceram, há algumas semanas atrás, três especimens da espécie Mustela do visom americana, tendo avistado apenas um. A camada poluente formada à superfície da água estagnada onde ficavam marcados os sulcos provocados pelos visons nas suas deambulações e mergulhos, permanece quase intacta e com menos roturas e pouco visíveis, podendo isso significar o abandono do local de dois elementos da colónia.

domingo, 19 de setembro de 2010

MOVIMENTO PRO-PARTIDO DO NORTE.

          O Movimento Pro-Partido do Norte prossegue no seu objectivo de criar um partido político tendo inaugurado, ontem, a sede daquele Movimento, no Porto, e iniciado já a recolha das assinaturas necessárias à legalização, a qual deverá estar concluída dentro de dois meses.

           O Movimento surgiu por iniciativa de algumas personalidades da vida política portuense, insatisfeitas pelo gradual e acentuado desinvestimento verificado nesta importante zona do país por parte do poder central, pelo que se propõe lutar pela criação de uma região-piloto, a Norte.

          Pedro Baptista, um dos primeiros promotores do Movimento, de filiação PS, reivindica a implantação prioritária da região-piloto a Norte, por ser a "única região que regrediu nos últimos anos", no que é apoiado por João Anacoreta Correia (ex-CDS-PP) e Francisco Sousa Fialho que, na mesma linha de Pedro Baptista, defendem que o Norte deve ter a primeira região-piloto.

          O (ainda) socialista Pedro Baptista, admitiu poder vir a desfiliar-se do PS "quando entender" e garante que a futura região não envolverá custos acrescidos para o erário público, bastando para tanto extinguir os 23 Governos Civis e as CCDR (comissões de coordenação e Desenvolvimento Regional).

          O Movimento prevê estar pronto a realizar o primeiro congresso já nos princípios de 2011, após o acto eleitoral para a eleição do presidente da república.
(da imprensa diária)

sábado, 18 de setembro de 2010

AVANÇO NA REGIONALIZAÇÃO DO NOROESTE PENINSULAR.

          Foi, ontem, celebrado um entendimento entre a CCDR-Norte, a que preside o socialista Carlos Lage e Alberto Nuñes Feijóo e Vicente Herrera governadores, respectivamente, dos governos regionais das províncias espanholas da Galiza e Castela e Leão, que estabelece um memorando que visa lançar as bases para a criação de uma macro-região que possa vir a dar continuidade à ideia da criação de um espaço geográfico capaz de unir histórica e economicamente o Noroeste Peninsular, que interessa ás regiões do norte português e espanhol.

          A criação desta grande região na Península Ibérica -a primeira a levar a cabo- é feita no quadro previsto nas normas aprovadas na União Europeia, designada por Sudoeste Europeu.

(Fonte: JN)

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

DEFENSOR CONTRA.

      

Moura

Defensor Moura
  
         DEFENSOR MOURA, candidato à Presidência da República manifestou-se, hoje, em Viana do Castelo, "liminarmente contra" a proposta de Passos Coelho, líder do PSD, no sentido de criar uma região piloto antes de se partir para a definitiva divisão administrativa do país.

         Segundo o antigo presidente da Câmara de Viana do Castelo, a proposta do Partido Social Democrata tem subjacente a intenção da criação da região no Algarve e protelar indefinidamente no tempo a criação das restantes, pelo que propõe a realização de um referendo para que seja a população a pronunciar-se sobre o assunto.

TRAVESSIA PARA PEÕES.

          A criação de rampas para cadeiras de rodas na rampa dos correios.

           A mudança de local da travessia para peões a nascente do Largo Capitão Gaspar de Castro (Benemérito), obrigou a obras de adequação para acesso a cadeiras de rodas, tendo sido abertas as rampas próprias para o efeito.

           Bem mais simples de solucionar é a activação da abertura do sinal de prioridade que permite no local a travessia da estrada a peões o qual continua inoperacional, de nada valendo as repetidas tentativas dos transeuntes que por ali passam para o abrir, o que só acontece quando o temporizador automático o faz.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

ÁGUA-ARRIBA NA RTP1.

      

         Como estava previsto, a reportagem colhida em Lanheses do lançamento do barco água-arriba, da autoria de Cláudia Viana, foi incluída ontem no programa Portugal em Directo, com Dina Aguiar a fazer o pivot.

         A peça contém declarações do presidente da Junta de Freguesia, Ezequiel Vale, do Caninhas, dos antigos pescadores Alfredo Gomes e João Rocha, do construtor da vela João Baptista e de Rosa de Lamas e Rosa Gomes, que cantam canções relacionadas com o rio e os barcos.

         Para quem não teve oportunidade de ver a passagem da reportagem no programa das 18 horas daquela estação de TV, pode ainda visioná-la na internet no site da RTP (multimédia.rtp.pt).

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

ÁGUA-ARRIBA NO FACEBOOK.

       
           Um vídeo contendo uma reportagem sobre a inauguração oficial do barco "Água-Arriba", elaborado por uma equipa de reportagem do semanário Expresso, encontra-se disponível no Facebook por iniciativa de Manuel João Costa e de Maria de Fátima Fonte e, ainda, no referido jornal em aeiou.expresso.pt.

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA.

União Desportiva de Lanheses                               TAÇA DE HONRA - RAMIRO MARQUES

RESULTADOS DA 1ª ELIMINATÓRIA

JOGO Nº 1 - COURENSE - 2 * CERVEIRA - 3

JOGO Nº 2 - CHAFÉ - 1 * NEVES - 1 (2-3) a)

JOGO Nº 3 - TÁVORA - 0 * CAMPOS - 0 (4*2) a)

JOGO Nº 4 - PONTE DA BARCA - 3 * CATELENSE - 1

JOGO Nº 5 - ARTUR REGO - 3 * UD LANHESES - 2

JOGO Nº 6 - ANCORENSE - 2 * MONÇÃO - 0

JOGO Nº 7 - CORRELHÃ - 1 * MOREIRA DO LIMA - 0

a) APÓS MARCAÇÃO DE GRANDES PENALIDADES

JOGOS 2ª ELIMINATÓRIAM - DIA 19/09/2010 - 17:00h

CERVEIRA * NEVES

ARTUR REGO * PONTE DA BARCA

TÁVORA * ANCORENSE

domingo, 12 de setembro de 2010

CAMINHADA DOCE COMO O MEL.

     Santa Luzia, a partida.

   A CAMINHADA DO MEL, a 8ª do programa da Câmara Municipal de Viana do Castelo do plano "Vencer a Idade com Saúde", decorreu hoje no Monte de Santa Luzia sob a organização da Associação de Parelisia Cerebral de Viana Viana do Castelo.
Onde há tão belo e fresco panorama?

          A partida foi dada às 9H40, junto à basílica de Santa Luzia, para mais de seis dezenas de participantes, de todas as idades e dos dois sexos e, sob a orientação dos professores Isabel e Meira (o João Viana continua no bem-bom...), o grupo ladeou o templo e a citânia embrenhando-se no arvoredo, para norte, seguindo na rota do mel.
 Ainda na estrada, com a citânia (e a Pousada) ali perto.

           Para trás ficou o miradouro e a contemplação da maravilha da vista sobre o casario urbano da cidade princesa, com o Lima a abraçar o mar que o espera no acordar do seu sonolento passeio pelo edílico vale a quem dá o nome com o sol a romper a neblina da manhã e a inundar de luz o quadro mais belo de Portugal.

Ninguém fica indiferente à vista panorâmica.

           Ao fim de uma hora pelo trilho da floresta coberto de sombra e pleno de cheiros agradáveis e oxigénio de encher os pulmões, chegamos a S. Mamede com toda a normalidade.
Em pleno arvoredo, ainda na estrada. Isabel, atenta ao "rebanho".

           À nossa espera estavam as senhoras da Associação organizadora, oferecendo-nos uma prova de três tipos de mel, qual deles o mais saboroso, acompanhado de nacos de broa de milho espantosamente deliciosa e fresca, acaba da sair do forno, que os caminhantes iam embebendo no néctar delicioso e degustavam deliciados.
 A simpatia e disponibilidade das senhoras da Associação de Paralisia, foram inexcedíveis.

           Após a "foto de família" junto à capelinha de S. Mamede, o grupo iniciou o percurso de regresso por entre veredas e árvores frondosas para, decorridas 2h15 após a saída e completar cerca de dez quilómetros de caminhada, chegar ao ponto de partida.
Hum, que delícia!

            A próxima acção decorre nas freguesias de Santa Marta e Cardielos, designada como Caminhada do Outono, no dia 25 do corrente, sábado, pelas 15h00, com a habitual concentração na Pousada da Juventude, à marina da Argaçosa.
Abelhas...sem asas "recolhem" o produto do favo.

O regresso



Querias?...

sábado, 11 de setembro de 2010

ÁGUA-ARRIBA COM INAUGURAÇÃO OFICIAL.

    O momento do içar da vela  

        Volvidas mais de cinco décadas após terem desaparecido do Rio Lima, o barco cuja denominação mais comum entre os barqueiros de Lanheses era a de "Água-Arriba", voltou hoje a sulcar o lendário Lethes ou rio do esquecimento, ao iniciar a sua primeira viagem oficial no lugar da Passagem perante os aplausos de uma pequena multidão que compareceu no local para testemunhar o acto.
A vela a chegar ao topo do mastro.
      


        A embarcação de cerca de treze metros de comprimento e mastro de quatro, tem uma vela do tipo quadrada redonda e é uma cópia fiel dos antigos barcos que transportavam pessoas e bens entre Ponte da Barca, a montante, e Viana do Castelo e juzante servindo ainda para acesso dos habitantes entre as duas margens.
Tripulantes e convidados prontos para a viagem inaugural.

          A sua construção obedeceu a um rigoroso cumprimento dos processos artesanais usados pelos artífices doutros tempos sendo levada a cabo por um amante da pesca e do rio desta freguesia com a alcunha de CANINHAS, que herdou do seu pai e orgulhosamente mantém, cujo nome de baptismo é Manuel João Castro Franco da Rocha, levada a cabo com o apoio da Junta de Freguesia e o patrocínio da Câmara Municipal de Viana do Castelo.
O LANHEZES a afastar-se da margem.

          Após um moroso, exigente e complexo processo de legalização pelas entidades oficiais o Água-Arriba pôde finalmente voltar ao seu ambiente natural após uma breve cerimónia de inauguração onde foram feitas curtas intervenções das autoridades administrativas presentes, designadamente o presidente da Junta de Freguesia, prof. Ezequiel Vale, bem como do presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, engenheiro José Maria Costa, que não poupou nos elogios à iniciativa e ao artesão da obra louvando ainda o interesse histórico e turístico do empreendimento, lançando um incentivo a Ezequiel Vale para, tratando-se de um local onde no passado se fazia a cabotagem de pessoas e bens entre as populações limítrofes, se criasse um evento que celebrasse esse costume perdido.

          Pelas 14H3O, a vela confeccionada por João Baptista, um especialista na construção e recuperação de embarcações antigas, da Associação de Barcos do Norte, subia ao cimo do mastro do LANHEZES (denominação oficial) e, com os convidados a bordo -a lotação aprovada é de 19 tripulantes- iniciou a viagem inaugural até Ponte de Lima, aproveitando o vento da maré em baixo, sob o eco das palmas e vivas do numeroso público ali presente.
   Ao sabor do vento.    

         O LANHEZES vai proporcionar a todos os que o pretendam fazer, passeios gratuitos entre Viana e Ponte de Lima, mediante inscrição prévia na sede da Junta de Freguesia estando apenas condicionadas à disponibilidade do "patrão "CANINHAS a quem compete a sua condução e guarda.
 Ao fundo, a Passagem.

           Para encerrar a descrição acima fui ao "Cancioneiro Temático da Ribeira Lima", do prof. Gabriel Gonçalves, buscar esta quadra alusiva aos barcos do rio e à sua função também romântica para além das outras, porventura mais prosaicas e materialistas.

                       Hei-de fazer um barquinho
                       Da folha da ortelã
                       Pra passar os meus amores
                       De Lanheses pra Deão.

O Baptista, na âncora.
Da esquerda para a direita: Ezequiel Vale, Padre Daniel Silva, José Maria Costa e António Grenho.
O Presidente da Câmara, José Maria Costa, no uso da palavra,
tendo à sua direita Ezequiel Vale e António Grenho e, à esquerda,
o artesão Caninhas.

Público atento e um fotógrafo amador recolhendo
imagens para memória futura.
Caninhas, à conversa com os presidentes.

VIAGEM INAUGURAL DO BARCO ÁGUA-ARRIBA.



                O Presidente da Junta de Freguesia de Lanheses convida V.Exa. para  assistir à viagem inaugural do barco Água-Arriba, denominado LANHEZES,  que se realiza no próximo dia 11 de Setembro, sábado, com início  às  14h00, no  cais do rio Lima, em Lanheses. Conta com a presença de   representantes de diversas entidades. Esta embarcação, puxada à vela e  à vara, trata-se de uma réplica histórica, construída pela Junta de  Freguesia e pelo pescador Caninhas.  Tem cerca de 13 metros de  comprimento, casco em madeira e está autorizada a transportar 19  pessoas (lotação).

CAMINHADA DO MEL

 Caminhada do Mel

12 de Setembro às 9h
Tipo de percurso:
Pequena rota
Âmbito do Percurso:
Paisagístico Cultural
Distância:
10km
Ponto de Encontro:
Pousada da Juventude às 8:45h
Ponto de partida:
Santa Luzia (em frente ao templo)
Local:
Santa Luzia
Duração:
2h30m
Grau de Dificuldade:
Moderado
Parceria:
Associação de Paralisia Cerebral de Viana do Castelo
(cada Caminhante contribui com 1€ a favor da associação)


Divisão de Desporto e Lazer
Câmara Municipal de Viana do Castelo
Passeio das Mordomas da Romaria
4904-877 Viana do Castelo
Telefone: +351 258 809 364 | Fax: +351 258 809 347
Site: www.cm-viana-castelo.pt
eventosdesporto@cm-viana-castelo.pt;


sexta-feira, 10 de setembro de 2010

ÁGUA-ARRIBA NA RTP1

      O içamento da vela no Água-Arriba.

          A RTP1 fez deslocar a esta localidade uma equipa de reportagem para recolher imagens do barco Água-Arriba, que amanhã vai ser oficialmente inaugurado, depois de concluído todas as exigências do complexo e minucioso processo de legalização.
O construtor da vela, João Baptista.

         O trabalho agora levado a cabo pela equipa de reportagem que a referida estação fez deslocar expressamente a Lanheses será incluída no programa de Dina Aguiar "Portugal em Directo", num dia não fixado da próxima semana., entre as 18 e as 19 horas.
O Caninhas, a comandar.

         A peça inclui o içamento da vela quadrangular redonda construída pelo especialista em peças de embarcações, João Baptista, da Associação Barcos do Norte, entrevistas ao construtor do barco Caninhas e aos antigos barqueiros Manuel do Augusto, Alfredo das Badalheiras e João Rocha e ao presidente e principal mentor do projecto do Água-Arriba, prof. Ezequiel Vale. Colaboram ainda, Rosa Fires e Rosa de Lamas, entoando uma canção típica do rio.

João Rocha, barqueiro.

         A cerimónia inaugural está prevista para as 14h00 de amanhã, sábado, prevendo-se que o acto seja registado por outras estações televisivas que já confirmaram a sua comparência no local onde vai ser iniciada a primeira viagem oficial da réplica das antigas embarcações de transporte marítimo à vela no Rio Lima.
O Manel do Augusto, barqueiro.

         As imagens que constam do post foram obtidas hoje à tarde no decorrer da reportagem para a RTP1.
O "Fredo de Lamas", barqueiro.