domingo, 31 de janeiro de 2010

OS QUE VÃO PARTINDO

MARIA RODRIGUES CERQUEIRA, viúva de António da Rocha Martins, de 81 anos de idade, faleceu na sua residência nesta freguesia no dia 29 do corrente, tendo o seu funeral decorrido ontem, pelas 10 horas, da sua morada para o cemitério paroquial, após as celebrações fúnebres.

ROSA DA PROVIDÊNCIA DA ROCHA MARINHO, solteira, de 66 anos, do Lugar da Rocha, desta freguesia, faleceu, ontem, dia 30, tendo o seu funeral decorrido hoje, pelas 15 horas, da Capela fúnebre da Sª da Esperança para o cemitério paroquial, após o cumprimento das exéquias religiosas.

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA

CAMPEONATO DA 1º DIVISÃO DA A.F.VIANA DO CASTELO
               Acabou!, terá pensado Fábio, após o golo ao cair do pano.
Hoje, no Estádio 15 de Agosto:

        LANHESES, 2 - Fachense, 0
           (ao intervalo, 1-0)
Terminou, há poucos minutos, o encontrou entre lanhesenses e fachenses, com o resultado de 2-0 a favor dos comandantes da prova.
Jogo de fraco nível, com os locais a confirmarem o triunfo já no período compensatório, com um golo de Fábio Costa, entrado no decorrer da segunda parte e que acabaria por concretizar depois de Zé não ter concretizado três oportunidades. O primeiro golo dos locais foi obtido por Pedro Leite, aos 18m.
Nuninho, o influente dinamizador do futebol atacante do Lanheses, ter-se-à ressentido da lesão que o manteve afastado durante várias semanas, com  reflexos negativos no rendimento da equipa, sendo substituído ainda no decorrer da primeira parte.
O trabalho do árbitro foi aceitável, tendo tido uma decisão, para mim inédita mesmo ao nível da arbitragem do futebol profissional, ao assinalar adequadamente uma falta com exibição de cartão amarelo ao infractor no PRIMEIRO lance do jogo!! Estais a ver, oh Lucílios?


 Em cima: o azarado Nuninho voltou a lesionar-se.

QUE BOM SABER ESCREVER ASSIM!

ÁLVARO MAGALHÃES - TODOS SOMOS ADEPTOS 

ÀLVARO MAGALHÃES é escritor e assina as suas magníficas crónicas no Jornal de Notícias, JN, ao domingo. Um verdadeiro regalo de escrita, na forma e no conteúdo, que vai surpreender quem as ler.
(clicar no texto para ampliar)

sábado, 30 de janeiro de 2010

CRIME SEM CASTIGO

            Quem já conta na máquina do tempo com um significativo pecúlio de anos sabe que não é garantido que tudo o que ouve e lê é de confiar. Foi por isso que, no que respeita a uma decisão judicial tomada num tribunal onde foi julgado o caso acontecido no Algarve, onde, três dignos e muito respeitáveis trabalhadores do crime abasteceram a viatura (roubada) em que se faziam transportar num posto de abastecimento de combustível e, posto isto, se fizeram novamente à estrada perante um agastado dono do posto, defraudado do valor da factura e da deselegância da falta de um mais que justificado agradecimento, eu ter dado um tempo até a ver confirmada, o que veio a acontecer.
            Ficou, então, a saber-se que o acto, muito praticado aliás pelos inúmeros gangs e outros respeitáveis apreciadores dos bens alheios, mesmo que gostem de gravata e colarinho branco, não estavam obrigados ao pagamento do valor do combustível que retiraram da bomba para o automóvel roubado, porque o mesmo está ali posto à disposição de quem o quiser utilizar sem que haja obrigação de o pagar por parte de quem dele se servir!
            Foram mandados em paz!
            Com o devido respeito pela douta decisão permito-me adiantar que não estou plenamente de acordo pela simples razão de que o prevaricador, isto é, o dono do posto de combustível, ter saído ilibado do condenável acto de possuir um bem com o intuito de trabalhar e, deste modo, obter uma mais valia para sustentar a família e o negócio, optando pelo desplante de recorrer às autoridades para punir cidadãos íntegros e mui competentes profissionais, ao qual deveria ter sido aplicada sanção adequada.
            Agora fico expectante e a arder por dentro na impaciência de saber o desfecho do tenebroso CASO DO TÚNEL da catedral da Luz e da exemplar punição a aplicar a dois perigosos facínoras, por acaso  fazendo parte de uma conhecida quadrilha de malfeitores sediada no norte conhecida pela senha DRAGÃO,
useira e vezeira em arrecadar triunfos dentro e fora do país e com isso movimentar milhões de euros para o desenvolvimento da nossa economia. A avaliar pela instrução do processo que decorre há já cinco semanas (!) e mantém suspensos os delinquentes até ao desfecho do mesmo, é previsível que a pena exemplar a aplicar só venha a ser conhecida quando o ANDOR der entrada no templo ou, antes, na caso de alguém o derrubar.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

PAGA, ZÉ!


Acordo com a Câmara de Lisboa valeu ao Benfica 65 milhões de euros

PJ termina investigação sobre o financiamento do novo Estádio da Luz

00h33m

NELSON MORAIS
O Benfica encaixou 65 milhões de euros à custa do contrato-programa firmado com a Câmara de Lisboa, no âmbito do Euro 2004. Santana Lopes não é arguido, apesar de a PJ ter concluído que município, a que ele presidia, instrumentalizou a EPUL para financiar o Benfica.
.......................................................................................................................................................................
O inquérito centrou-se no contrato-programa assinado, em Julho de 2002, pela Câmara de Lisboa, EPUL, Benfica e Sociedade Benfica Estádio SA. O acordo fixava os moldes da participação da EPUL na construção do novo Estádio da Luz, para o Euro 2004. 
......................................................................................................................................................................
Um relatório da Inspecção-Geral de Finanças (IGF), que suportou o trabalho da PJ, apontou défices de transparência ao contrato-programa, referindo que as formas de apoio acordadas e atribuídas ao Benfica "consubstanciam verdadeiras comparticipações financeiras, concedidas por instâncias municipais". 
.......................................................................................................................................................................
Os 18 milhões referidos decorrem de dois negócios. Num deles, a câmara decidiu que a EPUL construiria 200 fogos, em terrenos seus, no Vale de Santo António, e entregaria um terço dos lucros da sua venda. O Benfica recebeu 9,9 milhões de euros, apesar de a EPUL nunca ter construído as 200 habitações. Segundo o então presidente da EPUL, Sequeira Braga, foi Santana Lopes quem definiu que seriam dados 10 milhões de euros ao Benfica, através de um projecto imobiliário da EPUL.
A outra parcela dos 18 milhões resulta do compromisso da Câmara de pagar, através da EPUL, os ramais de ligações às infra-estruturas de subsolo para o estádio. Isto valeu ao Benfica oito milhões de euros, sendo que 80% das facturas que cobrou à EPUL respeitavam a serviços de consultoria: só 20% tinham a ver com os ramais. De resto, parte das facturas tinha data anterior ao contrato-programa.
A IGF detectou ainda outra irregularidade naqueles oito milhões. Mais de um milhão era IVA, sendo que a operação em causa não estava sujeita a incidência deste imposto, por se tratar da comparticipação financeira, de uma entidade pública (EPUL), na construção de um equipamento desportivo.
Nenhuma irregularidade detectada nas facturas do Benfica foi valorizada, para efeitos de responsabilização criminal dos dirigentes do clube.
Inquirido, como testemunha, Santana Lopes assumiu que as negociações com o Benfica que conduziram à elaboração do contrato-programa foram feitas por si e pelo vice-presidente. Carmona Rodrigues, arguido, disse que o dossiê Benfica era tratado directamente por Santana Lopes. E, de resto, várias testemunhas e arguidos coincidiram na versão de que a execução do contrato-programa
.......................................................................................................................................................................
 Extractos da notícia hoje publicada no JN, entre outros

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

CAMÕES - Liiiiiinnnndoooooo!!!!




Numa prova de entrada para a Universidade...

Questão : Interpretar  o seguinte trecho de poema de Camões:

Amor é fogo que arde sem se ver,
 é ferida que dói e não se sente,
 é um contentamento descontente,
 dor que desatina sem doer'.

 Uma aluna deu a sua interpretação:

Ah Camões, se vivesses hoje em dia,
 tomarias uns antipiréticos,
 uns quantos analgésicos
 e Prozac para a depressão. Comprarias um computador,
 consultarias a Internet
 e descobririas que essas dores que sentias,
 esses calores que te abrasavam,
 essas mudanças de humor repentinas,
 esses desatinos sem nexo,
 não eram feridas de amor,
 mas somente falta de sexo!'
Teve nota máxima. Foi a primeira vez, depois de mais de 500 anos, que alguém entendeu qual era a ideia do Camões...
(Gentileza de um amigo)





segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA

CAMPEONATO DA 1ª DIVISÃO DA A.F. VIANA DO CASTELO
JORNADA 22
                         Vit. Piães, 1 - LANHESES, 3
                             (ao intervalo; 1-2)
GOLOS: 0-1. Johnny, 14m.; 1-1, Diogo Fausto, 21m; 1-2, Pedro Leite, 42m; e 1-3, Nuninho, aos 65m
Árbitro: João Carlos Costa.
COMENTÁRIO: Com este resultado o Lanheses regressa à liderança que deixou apenas numa jornada. O regresso à equipa de NUNINHO, após longo afastamento devido a lesão, restabeleceu o equilíbrio e o rendimento global da equipa.
RESULTADOS:

V. Piães, 1 - LANHESES, 3
Fachense, 1 - Neiva, 2
V. Donas, 1 - Ancorense, 3
Vila Franca, 6 - Moledense, 3
Grecudega, 3 - Darquense, 2
Bertiandos, 2 - Artur Rego, 2
Águias de Souto, 1 - Paçô, 0
Arcozelo, 0 - Castanheira, 0
Moreira, 0 - Torre, 0
Folga - Perre
          CLASSIFICAÇÃO
                                   J   V   E   D    M    S    P
 1.LANHESES          20  16  2   2    60   14  50
 2.Artur Rego             21  15  4   2    50   25  49
 3.Ancorense              21  15  3   3    50   18  48
 4.Vila Franca             21  12  5   4    41   31  41
 5.Castanheira             21  11  4   5    42   18  37
 6.Arcozelo                 21  10  5   6    36   27  35
 7.V. Piães                  21    7  10  4   36   27  31
 8.Perre                       20   8    7  5    32   27  31
 9.Águias de Souto      21   8    6  7    33   38  30
10.Darquense              21   8    3 10   34   28  27
11.Moledense             20   7    3  10  33    39 24
12.Grecudega             21   6    6    9   22   33  24
13.Paçô                      20   6    4  10   23   32  22
14.Bertiandos              21   5    7   9    33   46  22
15.Fachense                21   6    2  13   30   48  20
16.Neiva                     21   5    3   13   30   48 20
17.V. Donas                21  3    5   13   18   48  14
18.Moreira                  20  2    6    12   18  38  12
19.Torre                      21  3    3    15   14  44  12
PRÓXIMA JORNADA
Folga - Vit. Piães
LANHESES - Fachense; Neiva-Vitorino das Donas; Ancorense-Vila Franca; Moledense-Grecudega; Darquense Bertiandos; Artur Rego-Águias do Souto; Paçô-Arcozelo; Torre-Perre.
FUTEBOL DE FORMAÇÃO.
JÚNIORES AFVC
LANHESES, 1 .  Cerveira, 2
Classificação
 1.Vianense .......... 34
13.LANHESES ...   5
Próxima jornada.
Darquense (7º) - LANHESES
JUVENIS AFVC
Monção, 0 - LANHESES, 5
Classificação
 1.Paçô ............... 34
 4.LANHESES ... 26
Próxima jornada:
LANHESES - Cerveira
INICIADOS AFVC
LANHESES, 2 -  Neves, 0
Classificação:
1.Artur Rego ......  35
3.LANHESES ...  28
Próxima jornada:
LANHESES - Artur Rego
FUTEBOL DE SETE AFVC
INFANTIS A
LANHESES, 2 - Monção, 6
Classificação:
 1.Vianense A ...... 25
11.LANHESES ...  8
Próximo jogo:
Courense (8º) - LANHESES
INFANTIS B
Santa Marta, 1 - LANHESES, 0
Classificação.
 1.Moreira ..........  33
12.LANHESES ..   5
Próxima jornada.
LANHESES-Barroselas (2º)
ESCOLAS 1999 A
LANHESES, 6 -  Ancorense, 1
Classificação.
 1.Vianense .......... 33
 9.LANHESES .... 12
Próximo jogo.
Barroselas (5º)-LANHESES
Fonte: Jornal ALTO-MINHO

domingo, 24 de janeiro de 2010

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA

            HOJE, 24.01.2010, em Vitorino de Piães:

            V. Piães, 1 - UD LANHESES, 3
        
            Os Lanhesenses, não só regressaram ao bom hábito de vencer (a primeira vitória deste ano), como retomaram a liderança conjunta da classificação beneficiando do empate cedido em Bertiandos (2-2) pela equipa de Artur Rego, com a vantagem de terem um jogo a menos.
Amanhã, como habitualmente, contamos dar o desenvolvimento da jornada.

A INTUIÇÃO DOS ÁRBITROS E O LÉXICO FUTEBOLÍSTICO

            Coisa nunca vista em Portugal e ao que presumo também na Conchichina onde, como é universalmente pacífico abundam os mais competentes árbitros de futebol do planeta, o inefável Baptista assinalou numa final disputada no Algarve um penalty a favor   beneficiar do Benfica, vindo mais tarde a esclarecer que não teve necessidade de ver a infracção do atleta leonino porque, dizia ele, "intuira" (v.tr. intuir, ter intuição de; pressentir, Dic. Editora, 2008), cabendo-lhe, assim, o universal direito de reivindicar a paternidade de tão original julgamento de incumprimento das regras futebolísticas.
             E não se pense que tal princípio é apenas apanágio de um lunático distraído juiz às portas da pré-reforma. Atente-se no que aconteceu no jogo disputado no Funchal entre o Marítimo e, agora e ainda, o Benfica, nas imagens TV que antecedem a expulsão de Olberdam, no qual os ouvidos ultra-sensíveis do árbitro-militar  "intuiram" ter sido o atleta maritimista o autor das vernáculas frases produzidas e, para além disso, serem a si dirigidas e teriam sido proferidas, nas suas costas, quando se dirigia para perto do local onde assinalara uma falta contra a equipa da casa.
             Neste caso, ao contrário do que é já corriqueiro noutros processos, não houve quebra de segredo do relatório arbitral nem recurso às habituais declarações de branqueamento na solícita subserviente media vermelhusca. Mesmo assim, ouçamos a versão da ocorrência, pela voz do atleta expulso:
             
Em declarações ao DN, o médio brasileiro explica o que se passou.
"Foi uma decisão injusta do juiz. Ele pensou que era para ele, mas o que eu disse era para o Paulo", adiantou o médio do Marítimo, explicando depois que ficou irritado com o companheiro de equipa, de quem diz ser "amigo", por causa do duelo que ele estava a travar com Di María. "O jogador do Benfica foi direito ao Paulo e eu disse-lhe para não cometer falta", explicou, revelando depois as palavras exactas com que se dirigiu ao lateral-direito dos maritimistas: "Eu disse-lhe foi 'Sem falta, c..., p... que pariu! Toda a hora falta, c...'." Ao admitir os palavrões, Olberdam chamou a atenção, de forma irónica, para o facto de que durante os jogos "não é hábito dizer por favor, meu querido ou amor".
           O Luisinho é um garoto reguila que costuma brincar no espaço familiar onde a TV passa os jogos de futebol e, parecendo pouco atento às imagens e ao som da transmissão de um jogo a que grande parte da família assistia e prestes a chegar ao fim, saiu do seu aparente alheamento e disparou:
           c............, c..........., c.............., todos os jogadores chamam-se c........?
           Nunca mais lhe foi permitido brincar num espaço onde passe na TV um jogo de futebol!

FCP - O MELHOR CLUBE PORTUGUÊS DA HISTÓRIA!

FC Porto é 12º melhor clube mundial da história

O FC Porto é o melhor clube português, no 12º lugar , no ranking da Federação de História e Estatística do Futebol (IFFHS) relativo aos melhores emblemas mundiais de sempre . O Barcelona é o primeiro.



Na tabela, que contabiliza resultados a partir de 1991 , o Benfica aparece em 34º lugar , enquanto o Sporting é 80º classificado . Na 107ª posição aparece o Boavista que actualmente disputa a II Divisão B .

Eis os 20 melhores clubes de sempre segundo a IFFHS:

1 - Barcelona (Espanha) - 807 pontos
2 - Manchester United (Inglaterra) - 726 pontos
3 - Real Madrid (Espanha) - 633 pontos
--- Juventus (Itália) - 633 pontos
5 - AC Milan (Itália) - 620 pontos
6 - Inter (Itália) - 605 pontos
7 - Bayern M. (Alemanha) - 599 pontos
8 - Arsenal (Inglaterra) - 594 pontos
9 - River Plate (Argentina) - 503 pontos
10 - Chelsea (Inglaterra) - 491 pontos
11 - Liverpool (Inglaterra) - 455 pontos
12 - FC Porto (Portugal) - 447 pontos
13 - AS Roma (Itália) - 445 pontos
14 - Ajax (Holanda) - 421 pontos
15 - Boca Juniors (Argentina) - 420 pontos
16 - Valência (Espanha) - 398 pontos
17 - Parma (Itália) - 373 pontos
18 - São Paulo (Brasil) - 368 pontos
19 - Glasgow Rangers (Escócia) - 364 pontos
20 - Lazio (Itália) - 342 pontos


Artigos Relacionados:
Mourinho é o quinto melhor treinador de sempre
Collina é melhor árbitro de todos os tempos  
                 A VENCER DESDE 1893

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

O ANIVERSÁRIO DA CATARINA


           

           DOS AVÓS PARA A CATARINA EM DIA DE ANIVERSÁRIO

                 Num jardim da Meadela
                 Cresce uma linda flor.
                 Não é branca ou amarela
                 Azul é a sua cor.

                 Hoje, ninguém desafina
                 P´ra bem poder celebrar
                 Os anos da Catarina
                 E os parabéns cantar.

                 Um, dois, três e bate palma
                 quatro, cinco e depois, seis.
                 -Agora, com toda a alma:
                 Catarina, parabéns!

                 Todos lhe darão carinhos
                 P'ra mais tarde recordar.
                 O melhor que há são beijiiiinhos
                 P'ra no coração guardar...

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

PAGAR TRIBUTO AO CRIME

            O TRISTE DESÍGNIO DO COMERCIANTE.



                                          A PADARIA DANTAS na Rua da Igreja
             Não basta ao comerciante lutar contra a  crise que estiola o negócio, a luta desigual que trava com as grandes superfícies onde o néon deslumbra e atrai as massas abúlicas e consumistas crédito-dependentes, submissas ao marketing insidiosamente apelativo que as persegue 24 horas por dia, a síndica vigilância sobre o cumprimento escrupuloso das leis e regulamentos que se lhe aplicam entre os quais se inclui o pagamento tempestivo dos impostos, enfim, toda uma vida de canseiras e atribulações que lhe massacram e infernizam a actividade comercial. Tem, ainda, que enfrentar numa luta desigual e arriscada a horda criminosa que lhe estronca a fechadura da porta, lhe estoira contra a montra a viatura roubada, lhe desfaz os escaparates e os sistemas de vigilância à marretada e o obriga a despejar o conteúdo da máquina registadora, rezando a Deus para que lhe permita sair com vida de tão medonho pesadelo.
           Só quem alguma vez passou pelo sentimento de frustração que se vive no momento em que se constata ter sido violada, pela calada da noite, a porta do seu estabelecimento pode avaliar o tamanho da revolta e o vazio que se instala no íntimo da vítima de assalto!
           Vem isto a propósito do assalto verificado na madrugada de ontem na PADARIA DANTAS, onde os criminosos se introduziram depois de estilhaçada a porta em vidro da entrada, para se apoderarem de uma máquina de tabaco, após o que desapareceram sem deixar rasto.
           É o tributo ao crime a que o comerciante se sujeita uma vez que jamais será ressarcido dos prejuízos patrimoniais e, muito menos, dos morais que são irreparáveis.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

UM DIA PELA VIDA

RECTIFICAÇÃO
Relativamente à referência aqui feita ao interessante colóquio realizado no último sábado no Instituto de Tecnologia e Gestão de Viana do Castelo, sob o título "UM DIA PELA VIDA", a Liga Portuguesa Contra o Cancro do Norte, por intermédio do Núcleo Regional do Norte, fez o obséquio de me alertar para uma incorrecção por mim cometida na referência à intervenção do pro. Doutor Rui Medeiros, esclarecendo que:"o que não é somente característico da mulher são herpes HPV - Human Papilone Virus. Estes virus do papilona humano são transmitidos à mulher pelos homens. Obviamente que o Cancro do Colo do Útero só se desenvolve na mulher, por questões anatómicas.".
O facto de ter assistido ao colóquio como simples cidadão interessado nos assuntos abordados não me isenta da necessidade de relatar o que ouvi com um mínimo de rigor, o que não foi o caso. Fica aqui o meu pedido de desculpas, quer ao ilustre investigador palestrante quer aos que, eventualmente, possa ter induzido em erro.

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

ADÃO E EVA NO PARAÍSO

Depois de mais uma reunião da UE alguns Ministros, para "aliviar" a pressão, resolvem passar pelo Louvre e, alguns deles param meditativos perante uma excelente pintura de Adão e Eva no Paraíso.

Desabafa Angela Merkel:
- Olhem, que perfeição de corpos: ela esbelta e esguia, ele com este corpo atlético, os músculos perfilados... São necessariamente estereótipos alemães.•
Imediatamente Sarkozy reagiu:
- Não acredito. É evidente o erotismo que se desprende de ambas as figuras... ela tão feminina... ele tão masculino...
Sabem que em breve chegará a tentação... Só poderiam ser franceses.•
Movendo negativamente a cabeça, o Gordon Brown arrisca:
- Of course not! Notem... a serenidade dos seus rostos, a delicadeza da pose, a sobriedade do gesto. Só podem ser ingleses.•
Depois de alguns segundos mais de contemplação, Sócrates exclama:
- Não concordo. Reparem bem: não têm roupa, não têm sapatos, não têm casa, só têm uma simples maçã para comer... não protestam e ainda pensam que estão no Paraíso. Não tenham a menor dúvida, são portugueses!
Fonte: gentileza de um amigo.

BENVINDO, RÚBEN

Ruben Micael

                        O QUE É (DO) NACIONAL...É BOM!
O Natal já lá vai mas a prenda chegou. Rúben, é um dos nossos e a família está contente. É mais um para ajudar. Tem tudo para dar certo: boa relação com a bola, disponibilidade para o jogo colectivo, humildade, juventude, ambição. É só mudar a cor das riscas da camisola e receber a (chama) alma do Dragão..

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA

CAMPEONATO DA 1ª DIVISÃO DA A.F. DE VIANA DO CASTELO
JORNADA 21
                       U.D. DEIXOU A LIDERANÇA QUE DETINHA DESDE O INÍCIO
           Em resultado da vitória do 2º classificado e o facto de ter cumprido a jornada de folga, o UDL viu-se ultrapassado pelo Artur Rego e baixou ao 2º posto mas com um jogo a menos.
RESULTADOS:
Neiva, 1 - V. Piães, 3
Ancorense, 6 - Fachense, 0
Moledense, 3 - Vit- Donas, 3
Darquense, 2 - Vila Franca, 0
Artur Rego, 3 - Grecudega, 0
Paçô, 2 - Bertiandos,1
Castanheira, 4 - Águias de Souto, 1
Torre, 0 - Arcozelo, 1
Perre, 3 - Moreira, 1
                  CLASSIFICAÇÃO
                                      J    V    E    D    M    S     P
 1-Artur Rego               20  15    3     2    48  23   48
 2-LANHESES            19  15    2     2    57  13   47
 3-Ancorense                20  14   3     3    47   17   45
 4-Vila Franca              20   11   5    4      35  28   38
 5-Castanheira              20   11  3    6      42   18   36
 6-Arcozelo                  20   10   4    6     36   27   34
 7-V. Piães                   20    7   10   3     35   24   31
 8-Perre                       20    8     7   5     32   27   31
 9-Darquense               20    8     3   9     32   25   27
10-Águias de Souto     20    7     6   7     32   28   27
11-Moledense             19    7     3   9     30   23   24
12-Paçô                      19    6     4   9     33   21   22
13-Grecudega             20    5     6   9      19  31   21
14-Bertiandos             20    5     6   9      31  44   21
15-Fachense               20    6     2  12     29  45   20
16-Neiva                    20    4     3  13     24  49   15
17-V. Donas              20    3     5   12    17  45    12
18-Moreira                19    2     5   12     18  38   11
19-Torre                    20    3     2   15     14  44   11
PRÓXIMA JORNADA.
V. Piães-LANHESES, Fachense-Neiva, V. Donas-Ancorense, Vila Franca-Moledense, Grecudega-Darquense, Bertiandos-Artur Rego, Águias de Souto-Paçô, Arcozelo-Castanheira, Moreira-Torre. FOLGA, Perre.
FUTEBOL DE FORMAÇÃO.
JÚNIORES DA AFV.CASTELO
Folga - LANHESES
CLASSIFICAÇÃO
 1º  Vianense ......... 31
13º LANHESES       5
Próximo jogo:
LANHESES-Cerveira (6º)
JUVENIS A.F.V.C.
LANHESES, 6 -  Darquense, 0
CLASSIFICAÇÃO
 1º Paçô ................ 31
 4º LANHESES .... 23
PRÓXIMA jornada
 Monção-LANHESES
FUTEBOL DE SETE DA A.F.V.CASTELO
INFANTIS A
Chafé, 2 - LANHESES, 2
CLASSIFICAÇÃO
 1º L. Sousa .......... 22
11ºLANHESES ....  8
Próxima jornada:
LANHESES - Monção
INFANTIS B
LANHESES, 1 -  Artur Rego, 3
CLASSSIFICAÇÃO
 1º Moreira ..........30
12 LANHESES     5

ESCOLAS 1999 A
Chafé, 13 - LANHESES, 1
Classificação
 1º Vianense .......... 30
10 LANHESES ....  9
Próxima jornada:
LANHESES - Ancorense
INICIADOS.
Jornada 14
Perre, 1 - LANHESES, 3
CLASSIFICAÇÃO
 1.Artur Rego ........ 32
 3.LANHESES ..... 25
PRÓXIMO JOGO
LANHESES-Neves
Fonte: Jornal Alto Minho

ESPÍRITO R.D.M. CHEGA AO FUTEBOL?

            Não há pachorra! Os árbitros não saem de cena e continuam a influenciar os resultados dos jogos com actuações que configuram actos deliberados de autênticos roubos!
            Ferreira, militar de carreira com comissões de serviço em zonas de guerra e árbitro de futebol por vocação reprimida, devoto e irredutível cumpridor, na letra e no espírito, do R.D.M. (Regulamento de Disciplina Militar), acaba de dar nos Barreiros uma verdadeira lição da aplicação da justiça militar aos jogadores de futebol!
Depois de ter demonstrado no túnel da Luz qualidades raras para desmontar terríveis armadilhas e acções de terrorismo dos perigosos inimigos do norte, uma competência adquirida quiçá em zonas de guerra, levou até ao Funchal a mesma determinação para meter na ordem o vernáculo vocabulário dos desbragados maritimistas. O facto de um dos protagonistas ser o-clube-que-há-de-safar-Portugal-do-caos-económico porque-vai-ser-campeão é apenas um pormenor irrelevante. Repare-se na sua interpretação do lance de que resultou o golo de cabeça do tosco-caceteiro central dos lampiões com o golo anulado com Paixão aos amigos vimaranenses no último minuto do encontro para a liguinha do Loureiro realizado na cidade berço, salvando-os da derrota certa e merecida!
            Não vi a totalidade do encontro do jogo de Coimbra de que resultou mais um brilhante triunfo da actual melhor formação do campeonato, arbitrado pelo inefável Baptista. Mas deu para reparar na falta havida na grande área da Académica sobre Meyong, capaz de ser vista até pelos ceguetas fanáticos adeptos da D. Vitória e ele não lobrigou, para mais tarde assinalar penalty num lance de escola pintiana mal ensaiado pelo jogador bracarense Mossoró.
            No Dragão, o filme do costume. Até tu, Costa? Anular um golo saído de uma jogada magistral de futebol só ao alcance de grandes equipas, sem qualquer fundamento, é absurdo. Foi o terceiro, apenas em dois jogos! Falcao, teria feito, a serem todos validados, 4 golos num só jogo! E não me esqueço do fora de jogo assinalado a Varela, só visto pelo sagaz bandeirinha e sancionado pelo desnorteado Costa, quando o ariete portista tinha tudo para obter o golo.
            Sobre os  lance atrás referido gostaria que os fanáticos da introdução de meios tecnológicos no futebol me esclarecessem sobre o desfecho da decisão a tomar com base nas imagens recolhidas. Se, no primeiro caso, a solução seria pacífica pois o lance terminou em golo e o recurso à imagem eliminaria qualquer dúvida, a interrupção indevida no segundo lance referido, porque se constatou ser perfeitamente legal e que, eventualmente, terminaria em golo se tivesse sido concluída pelo avançado dos dragões, como seria reposta a verdade desportiva se a jogada jamais poderia ser repetida?
            Muito trabalho espera os deputados da Assembleia da República quando tiverem que discutir e aprovar a ansiada lei que há-de trazer a verdade desportiva ao futebol e meter na ordem os Platinis, Blaters e corrupta International Board. que, por nunca terem visto o "Tempo Extra" do papagaio Vítor não percebem patavina das leis do jogo.

domingo, 17 de janeiro de 2010

"UM DIA PELA VIDA" ARRANCOU EM VIANA DO CASTELO

            A CAMPANHA CONTRA O CANCRO a desenvolver no distrito de Viana do Castelo arrancou, ontem, numa sessão que decorreu na Escola Superior de Tecnologia e Gestão-IPVC, no final de um colóquio médico ali realizado, consignado ao tema "VAMOS FALAR DE CANCRO".
        Foi, perante um público maioritariamente constituído por mulheres mas em que participou um grande número de homens, num anfiteatro completamente lotado, que decorreu a exposição dos temas do colóquio a cargo dos médicos especialistas convidados.
            A drª. ANA PAULA BARROS, da Extensão de Saúde de Castelo de Neiva, abordou o tema do "CANCRO DA MAMA", dissertando sobre o rastreio, diagnóstico precoce e tratamento da doença, salientando a imperiosidade em manter o alerta constante sobre os sinais e alterações das zonas sensíveis da mama, designadamente.           
            O prof. Doutor MÁRIO DINIS RIBEIRO, assistente hospitalar do serviço de gastrenterologia do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil do Porto, E.P.E., tratou, sob o tema "DIAGNÓSTICO E PREVENÇÃO DO CANCRO GÁSTRICO", as diversas causas da deterioração dos tecidos onde a doença se desenvolve, sublinhando a importância dos cuidados a ter com a alimentação, a qual deve privilegiar o consumo de legumes e fruta.
             Para encerrar estes temas, subiu ao estrado o Prof. Doutor RUI MEDEIROS, chefe do grupo de oncologia molecular - CI do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil do Porto, E.P.E.. apresentou o seu trabalho designado como "HPV E CANCRO DO COLO DO ÚTERO". De forma muito expressiva e bastante acessível, aquele investigador dos virús causadores desta doença, desenvolveu um magnífico esclarecimento de extrema utilidade para a prevenção e cura, nos casos em que isso for previsível, e, também ele, valorizou a exigência da prática de iniciativas, como a tomada de vacina adequada, para a detecção atempada da doença, logo a partir da adolescência das mulheres.
             Seguiu-se a apresentação, por parte da coordenadora do projecto do norte UM DIA PELA VIDA, Conceição Clavel, do lançamento da campanha em Viana do Castelo, traçando os objectivos e acções a desenvolver pela comissão constituída a nível local, cujos componentes, chamados individualmente ao palco por Maria José Alpuim, figura bem conhecida na cidade, se propõe organizar, incentivar e promover a angariação de fundos para, até ao dia 8 de Maio próximo, fechar com outras iniciativas levadas a cabo no norte do país, esta grandiosa campanha. Integram a citada comissão duas conhecidas personalidades de Lanheses: a drª MARIA DE FÁTIMA AGRA e a profª  OLÍVIA VALE MOREIRA.
             O presidente da Câmara de Viana do Castelo, engº José Maria Costa, convidado a usar da palavra, quis reiterar ali mesmo o seu apoio à iniciativa e nomeou in loco, a vereadora municipal, drª Margarida, ali presente, coordenadora da causa.
             A sessão foi iniciada e concluída com a intervenção musical a cargo da drª MARGARIDA SOFIA ROCHA, actual responsável pelo Grupo Coral da Paróquia, a qual, acompanhada à viola por um colega, interpretou com manifesto agrado do numeroso público presente, dois temas musicais de Mafalda Veiga.
             Um grupo da Escola do Teatro José Pedro, de Viana do Castelo, esteve presente com grupo que tocou dois temas com gaita de foles.

sábado, 16 de janeiro de 2010

VAMOS FALAR DO CANCRO

            A Liga Portuguesa Contra o Cancro e os Responsáveis Locais pelo projecto UM DIA PELA VIDA em Viana do Castelo, promovem um colóquio médico consignado ao tema "VAMOS FALAR DE CANCRO", para assinalar a apresentação e o lançamento do referido Projecto. O colóquio terá lugar no Auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão - IPVC, hoje, sábado, pelas 16h30.
            O Colóquio tem a colaboração da Drª Ana Paula Barros, da Extensão de Saúde de Castelo do Neiva-Centro de Saúde de Darque, que iniciará as intervenções, com o tema "Cancro da Mama". Seguir-se-à o Prof. Doutor Mário Dinis Ribeiro, Assistente Hospitalar do Serviço de Gastrenterologia do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil do Porto, E.P.E., que abordará o  tema "Diagnóstico e Prevenção do Cancro Gástrico" e, por último, o Prof. Doutor Rui Medeiros, Chefe do Grupo de Oncologia Molecular - CI, do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil do Porto, E.P.E., tratará o tema do "HPV e Cancro do Colo do Útero".
             Para encerramento deste acontecimento está previsto um convívio e um momento musical a cargo da drª Sofia Margarida Rocha, responsável pelo Coro Paroquial de Lanheses.
        

Eleições na Associação de Caçadores de Lanheses

                                    PREPARAÇÃO PARA AS ELEIÇÕES NA ASSOCIAÇÃO DE CAÇADORES

            A Direcção da Associação de Caçadores de Lanheses tornou público o edital que inicia o processo eleitoral para a gerência do biénio de 2010/2012, fixando a data de 22 de Fevereiro próximo até à qual os candidatos deverão apresentar as respectivas Listas e o Termo de Aceitação de Cargos, bem como o Plano de Actividades e inerente Orçamento.

                                    A Direcção actual da referida Associação tem vindo a ser presidida por Alcindo Franco.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Louco no Século XX

TU SABES QUE ESTÁS A FICAR LOUCO NO SÉCULO XXI QUANDO:
  1. Envias um e-mail ou usas o Messenger para conversar com a pessoa que trabalha na mesa ao teu lado;
2. Usas o telemóvel na garagem de casa para pedir a alguém que te ajude a levar as compras;
3. Esquecendo o telemóvel em casa (coisa que não tinhas há 10 anos atrás), ficas apavorado e voltas para buscá-lo;
4. Levantas-te pela manhã e quase que ligas o computador antes de tomar o café;
5. Conheces o significado de tb, qd, cmg, mm, dps, k, ...;
6. Não sabes o preço de um envelope comum;
7. A maioria das piadas que conheces, recebeste por e-mail (e ainda por cima ris sozinho...);
8. Dizes o nome da tua empresa quando atendes ao telefone em tua própria casa (ou até mesmo o telemóvel!!); digitas o '0' para telefonar de tua casa;
10. Vais para o trabalho quando está a amanhecer, voltas para casa quando anoitece;
11. Quando o teu computador para de funcionar, parece que foi o teu coração que parou;
11. Estás a ler esta lista e a concordar com a cabeça e sorrir;
12. Estás a concordar tão interessado na leitura que nem reparaste que a lista não tem o número 9;
13. Retornaste à lista para verificar se era verdade que faltava o número 9 e nem viste que há dois números 11;
14. E AGORA ESTÁS A RIR DE TI MESMO!!!
15. Já estás a pensar para quem vais enviar esta mensagem;
16. Provavelmente agora vais clicar no botão 'Reencaminhar'... é a vida...que mais poderias fazer?... foi o que eu fiz também...

Feliz modernidade!!!

DIAS DE CARVALHO A CAMINHO DA RECUPERAÇÃO

            FRANCISCO DIAS DE CARVALHO, residente no lugar da Agra, em Lanheses, que, conforme demos conta sofreu no dia 23.12.2009, um AVC (Acidente Vascular Cerebral) de que resultou uma queda e ferimentos no couro cabeludo, acaba de regressar ao seu domicílio após a intervenção cirúrgica a que foi submetido com êxito.
            Os sinais de recuperação do Francisco são francamente animadores pelo que as perspectivas de melhoria das suas capacidades de mobilidade e comunicação poderão vir a ser restabelecidas em nível muito aceitável.
            Força, Carvalho velho!.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

VENDAVAL DERRUBA ÁRVORE NO RECREIO DA ANTIGA ESCOLA



            Uma árvore de porte considerável foi derrubada, esta madrugada, no pátio do recreio dos alunos da  antiga escola primária de Lanheses e actual sede da Junta de Freguesia. Situada do lado norte do referido recinto a árvore tombou no sentido longitudinal do mesmo não tendo causado outros danos, poupando surpreendentemente, a parte coberta do alpendre e a cerca onde se situava, mais parecendo tratar-se de trabalho com intervenção humana do que das contingências do acaso.

XISTRA, O PREVISÍVEL REFORÇO DE JANEIRO

            Já ninguém se surpreende. A farsa prossegue com os actores do costume em palco diferente mas sempre com os mesmos efeitos e clima de despudorada impunidade.
            Antes, foi Vila do Conde com o Rio afadigado em conduzir o seu caudal impetuoso pelo percurso que exige esforço, trabalho e competência, predicados necessários para o sucesso. Mas também aqui o trabalho não compensou. Com o marcador ainda fechado um atleta do Rio Ave, dentro de uma área "limpa" de confusão, é derrubado com um empurrão pelas costas perante a "distracção" dos apito e bandeira. Algum tempo depois, na sequência de um canto duvidoso, um exímio pontapé com a canela renderia mais três pontos e não se de falará mais nisso.
            Ontem, foi em Guimarães. No último minuto da compensação do tempo de jogo, o avançado do clube local antecipa-se ao movimento fora de tempo do guarda-redes e cabeceia para o golo. Tudo limpo, sem mácula!. O resultado levaria à derrota dos lampiões se não entrasse em cena o tal reforço de Janeiro, um artista habituado aos deslizes das pistas de neve da Estrela que entendeu sancionar uma falta, de jeito, do frangueiro improvisado.
             As coisas estão em tal estado que agora até o patrão Vítor vem reconhecer publicamente não serem isentas as arbitragens. Por isso, anda triste. Ora, ora, mas por onde tem ele andado? Só agora se deu conta? E consequências, a quem devem ser cometidas?
             É a habitual conversa mole para boi dormir, mais gasta que os fundilhos das calças de amanuense de carreira.
           

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

PROENÇAS, BENQUERENÇAS, BAPTISTAS E OUTROS ARTISTAS

            É tudo gente de elite, de topo. Fazem parte daquele círculo restrito onde só entra quem usa gravata e sapatos de verniz e distintivo na lapela de clube fino em ouro de 22 quilates. Têm mesa reservada em restaurantes de luxo e vão passar férias a paradisíacos resorts nos confins do mundo.
            Têm como hobby a paixão pelo apito porque adoram o deslumbramento da luz da ribalta, a glória, ainda que efémera, de decidir e castigar com a altivez e a convicção da omnipotência dos deuses.
            São modelos de honestidade e isenção. Pedro "Gel", alcunha que alude ao seu penteado esmerado e luzidio onde o gel brilha ainda mais que o seu trabalho como árbitro, é natural de Lisboa e sócio do Benfica, o que, só por si lhe conferem atributos de juiz impoluto e competentíssimo.
            Olegário não é otário, não! Está na alta roda da Europa e trabalha (oh! se trabalha...) para o currículo. Tem uma visão de águia que não tem comparação com a de milhares de "ceguetas" que julgam ver pontapés de inocentes atletas em caceteiros que se deitam à sua frente, armados em vítima. É de Leiria, está tudo dito!
            E o Baptista?. Qualquer um põe a mão por ele, é o enfant gaté do padrinho Vítor. A sua carreira na arte do apito é um verdadeiro mistério, por ter chegado onde chegou. Na Banca é como peixe na água. Lida com o dinheiro dos outros e isso rende. Com o que amealhou na arbitragem e pensão garantida, a vida é bela para quem fez por ela.
            Mas há mais, que nesta confraria não escasseiam frades ansiosos por mostrar serviço na ordem que tão bem  protege e ampara os fiéis servidores.
            Muito deve sofrer (no Céu?) o Zé do Telhado.

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA

            ESCALÕES DA FORMAÇÃO

            JÚNIORES DA A.F.V.C.
JORNADA 12
LANHESES, 3 - Courense, 3
CLASSIFICAÇÃO
1. Vianense ................. 28 pontos
13.LANHESES ...........   5    "
14.Moreira ..................    1   "
PRÓXIMA JORNADA
Folga - LANHESES
            JUVENIS
JORNADA 11
LANHESES, 2 - Guilhadezes,0
CLASSIFICAÇÃO
 1. Paçô ....................... 28 pontos
 4. LANHESES ........... 20    "
10.Torre ......................   0
PRÓXIMA JORNADA
LANHESES -  Darquense
FUTEBOL DE SETE DA AFVC
INFANTIS A
Jornada 9
LANHESES, 3 - Perre, 2
CLASSIFICAÇÃO
 1.Limianos ................... 20 pontos
11.LANHESES ............   7    "
13.Vitorino de Piães          0   "
PRÓXIMA JORNADA
Chafé - LANHESES
INFANTIS B
Jornada 9
Deocriste, 3 - LANHESES, 4
CLASSIFICAÇÃO
 1.Moreira ....................  27 pontos
12.LANHESES ...........     5   "
14.Santa Maria .............    0   "
PRÓXIMA JORNADA
LANHESES - Artur Rego
ESCOLAS 1999 A
LANHESES, 0 - Torre, 3
CLASSIFICAÇÃO
 1.Vianense ..................   27 pontos
 9.LANHESES ...........      9    "
14.Torre .....................      0
PRÓXIMA JORNADA
Chafé - LANHESES
INICIADOS
JORNADA 13
LANHESES, 4 - Adegas, 1
CLASSIFICAÇÃO
 1.Correlhã ...................   30 pontos
 4,LANHESES ............    22   "
15.Monção ..................      1   "
PRÓXIMA JORNADA
Perre - LANHESES
FUTSAL FEMININO
Souteirense, 3 - UDCP LANHESES, 0
VETERANOS
Cerveira, 1 - LANHESES, 1

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

JOSÉ DE CASTRO E SILVA , FIGURA DE PRESTÍGIO EM LILLE

            Demos notícia neste espaço do falecimento em França deste nosso estimado conterrâneo e amigo, acontecimento que nos surpreendeu pelo facto do José estar ainda numa fase da idade em que muito teria para dar aos seus e à comunidade em que se inseria, atentas as suas qualidades humanas e sociais, que lhe conferiram uma imagem de respeito e estima na comunidade em que se inserira.
            Transcrevo do jornal  LAVOIX DU NORD, da cidade onde vivia, Lille, uma referência à sua morte, com um destaque que revela o valor e respeito que lhe era votado.

dimanche 10.01.2010, 05:04 - La Voix du Nord  

« José », figure du théâtre Sébastopol, est décédé


 José de Castro, ici en 2003, était responsable de la salle. José de Castro, ici en 2003, était responsable de la salle.
DISPARITION
Plus de trente ans de présence au théâtre Sébastopol, qu'il a quitté en 2007. José de Castro en était une figure emblématique, comme responsable de la salle, bien connu des spectateurs. Il est décédé hier matin à 60 ans, des suites d'une maladie. Thierry Fééry, ex-directeur du Sébasto, lui rend hommage : « Quand les gens meurent, on dit toujours qu'ils sont bons. Et c'est vrai qu'avec José, on ne lui trouve pas de côté négatif. C'était quelqu'un de gentil, sympathique, passionné du spectacle, avec une bonhomie authentique. Il était l'homme de toutes les situations, de la bonne ambiance et avait un contact très facile avec le public et les artistes. Il a contribué à ce que le Sébasto soit le théâtre populaire de la ville.
Avant sa retraite, « José » s'occupait également de l'entretien pour une agence immobilière lilloise. Portugais de naissance arrivé en France en 1965, il vivait à Marquette-lez-Lille, où ses funérailles se dérouleront mercredi à 10 h, en l'église Saint-Amand.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

A 28 SEM PORTAGENS

            AS EXCEPÇÕES É QUE FAZEM AS REGRAS
        
            Ao fim de muito solicitado o Governo lá conseguiu arranjar tempo para receber uma delegação formada pelos presidentes de Câmara servidas pela A-28, no percurso entre o Porto e Caminha. A reunião tinha am vista confrontar o Governo na sua decisão de avançar com a introdução de portagens naquela via e demovê-lo de prosseguir em tal propósito.
             Sabe, quem alguma vez se serviu da estrada nacional 13 e viveu durante anos seguidos o inferno de completar um percurso de cerca de 70 quilómetros, de Viana do Castelo até ao Porto, que a possibilidade de regressar ao passado é, de todo, impossível. Se há vinte, trinta anos a sua utilização constituía um teste à paciência e capacidade de resistência de qualquer cidadão hoje, com os condicionalismos criados no seu traçado e aumento da intensidade do trâfego, o tempo gasto na sua utilização na sua maior distância é intolerável e irrealista tendo em consideração as exigências da vida actual.
             Mas, para além do argumento de não ser a nacional 13 alternativa irrecusável, como se conclui do exposto anteriormente, não pode ignorar-se a execução da lei prevista para o estabelecimento da portagem, a qual, na sua letra, explicita sem equívoco que a nossa região não reúne os pressupostos que justifiquem o pagamento. Isto porque não há alternativa a A-28, tem um rendimento per capita inferior à média nacional e regional  não podendo, neste parâmetro, ser incluída nas áreas do Grande Porto e das zonas de Vila do Conde e Póvoa de Varzim. Para além de tudo esta SCUT (via sem custo para o utilizador) está inserida na região mais pobre da Europa, ao contrário do que se verifica no Algarve cuja via do Infante fica isenta de taxa.
              Intransigente na sua decisão o Governo pretende ceder parcialmente, isentando o trânsito urbano de Vila do Conde e Póvoa de Varzim e aos utilizadores frequentes, onde caberiam, presumo, os que diariamente se deslocam para os seus trabalhos utilizando o percurso a portajar.
              Esta discriminação é peculiar das nossas leis e das decisões dos governantes: as regras são, deveriam ser simples e inequívocas, iguais para todos os portugueses mas, todos sabemos, há sempre uns mais iguais do que outros. Satisfazem-se as clientelas mais poderosas, primeiro e mais nutridamente, e dão-se uns restos do que sobra aos mais pacíficos e conformados. Sabem muito de sociologia os figurões!
              Mas não confiem os decisores que dividindo para reinar alcançarão os seus objectivos. A luta deve prosseguir e deve continuar na justiça, se necessário recorrendo para as instâncias internacionais. Há-de haver alguèm para forçar as autoridades governamentais a cumprir as obrigações de um autêntico estado de direito e se ponha do lado dos mais frágeis e carenciados e enfrente a prepotência e a ilegalidade do poder instalado, mesmo que ingenuamente eleitos.
  
            

A GENTE OUVE E LÊ E NEM ACREDITA!

            Há dias, ao ler no JN uma crónica do dr. Júlio Magalhães, jornalista e actual director de informação do canal de televisão TVI, a estação leader de audiências nacional tomei conhecimento de que, um eminente professor universitário cujo nome não mencionava, teria afirmado numa entrevista concedida num outro canal e que ele vira, "ser necessário para o país que o Benfica fosse campeão" este ano, porque, teria sido dito, "os portugueses andavam tristes o que contribuía para o enfraquecimento da nossa economia" !!!. Espantoso! Inacreditável! Surreal!. Então, agora, a culpa do estado actual das nossas contas públicas deve ser assacada ao Futebol Clube do Porto, o qual, nestes últimos trinta anos, conquistou a hegemonia do futebol português adicionando títulos atrás de títulos, nacionais e internacionais e, com isso, tornou-se responsável pela penúria em que estamos atolados? Será legítimo e aceitável que, um professor altamente qualificado, use um canal de televisão para insinuar um movimento público de solidariedade para com uma instituição manifestamente em decadência económica, a bater à porta da falência, porque isso seria a solução para crise que o país vive?
             Como se não chegassem já as inúmeras acções proteccionistas tomadas até hoje pelo estado, banca, empresas, artistas, empresários, organismos desportivos e de justiça e, muito concretamente a imprensa sediada na área da região alfacinha e vale do Tejo, chegam agora os apelos despudorados dirigidos sabe-se lá a quem para alcançar a la carte o que a competência não foi capaz.
             Isto vai longe! E, olhem, se querem que lhes diga a culpa desta vez não vai morrer solteira, não vai não. Ou eu me engano ou isto  ainda vai levar ao Jorge Nuno e, se as coisas derem mesmo para o torto e o país cair na bancarrota, ainda o veremos sentado no banco dos réus no Tribunal de Haia a responder pelo crime de ter reduzido à indigência seis milhões e meio de desconsolados e infelizes patriotas! Seis milhões e meio? Mas, em Portugal, somos dez milhões! Pois, a diferença está nos que continuam aqui a trabalhar...

O MELHOR S. C. BRAGA DE SEMPRE!

           OS MELHORES ESTÃO NO NORTE!
                   A imprensa desportiva tradicional sediada na região de Lisboa e Vale do Tejo faz hoje as habituais parangonas com que costuma sobrevalorizar os "feitos" dos seus patrões favoritos, ignorando os parolos do norte neste caso o Sporting de Braga e o seu espantoso desempenho na principal prova do futebol português.
                  Completada a primeira volta do campeonato, os arsenalistas comandam a classificação geral cometendo a inédita proeza de derrotar os três usuais pretendentes ao título!
                  Porque eles não merecem que se lhes atribua títulos de ficção, como campeões de inverno e outros que tais, que alguns fidalgos arruinados subsídio-dependentes explorariam até ao tutano se na mesma posição estivessem, a proeza dos "nossos" minhotos enche-nos de orgulho e dispensa bem os elogios oportunistas e impostores que lhe pudessem ter sido concedidos.
                  DOMINGOS PACIÊNCIA, que ainda há poucos anos nos deliciava com o seu futebol estonteante de predestinado artista,.afirma-se como treinador competente, intelectualmente dotado, ponderado nos gestos e atitude de leader, qualidades que lhe permitirão chegar onde outros, mesmo consumindo muitas caixas de pastilhas elásticas a mostrar os dentes, jamais atingirão.

                  PARABÉNS, campeões!

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA

            CAMPEONATO DA 1º DIVISÃO DA A.F.V. CASTELO 
Momento do golo dos forasteiros
JORNADA 13
                             LANHESES, 1 - NEIVA, 1
                               (ao intervalo: 1-1)
JOGARAM PELO UDL: Porfírio, Leonel, Valter, Dario, Edgar, Pedro Leite, Bruno, (Joel, aos 85m), Fábio Costa, (André, 58m), Jorginho (Zé, 61m), Johnny e Filipe.
Treinador: Álvaro Faria.
Árbitros: Paulo Magalhães, Fabrice Maciel e Nuno Soares
Marcadores: 0-1, por Rui, aos 19m. FILIPE, aos 44m.
RESULTADOS DA JORNADA.
LANHESES, 1- Neiva, 1
Vt. Piães. 2 - Ancorense, 2
Fachense, 2 - Moledense, 4
V. Donas, 4 - Darquense, 3
Vila Franca, 0 - Artur Rego, 3
Grecudega, 1 - Paçô, 0
Bertiandos, 2 - Castanheira, 2
Águias de Souto, 1- Torre, 0
Arcozelo, 2 - Perre, 0
Não se passou nada
Moreira-Folga
                    CLASSIFICAÇÃO
                                      J    V    E    D    M    S     P
 1-LANHESES            19  15    2    2    57   13   47
 2-Artur Rego               19  14   3    2    45   23   45
 3-Ancorense                19  13   3   3     41  17   42
 4-Vila Franca               19  11   5   3     35  26    38
 5-Castanheira               19  10  3   6     38  17     33
 6-Arcozelo                   19    9   4   6     35  27    31
 7-V. Piães                    19   6   10  3     32  23    28
 8-Perre                         19   7    7  5      29  26    28
 9-Águias de Souto        19   7    6  6      31  34    27
10-Darquense                19   7    3  9      30  25    24
11-Moledense                18  7    2   9     27  30    23
12-Grecudega                19  5    6   8     19  28    21
13-Bertiandos                19  5    6   8     30  42    21\
14-Fachense                  19   6   2   11   29  40    20
15-Paçô                        18   5   4    9     21  30   19
16-Neiva                       19  4    3   12    23  46   15
17-V. Donas                  19  3   4   12    14  42   13
18-Moreira                    18  2   5   11    17  35   11
19-Torre                        19  3   2   14    14  43   11
PRÓXIMA JORNADA
Folga - LANHESES
Neiva - V. Piães
Ancorenmse - Fachense
Moledense - V. Donas
Darquense - Vila Franca
Artur Rego - Grecudega
Paçô - Bertiandos
Castanheira - Águias de Souto
Torre - Arcozelo
Perre - Moreira
Um canto sem consequências


Fonte (alguns dados). Jornal Alto Minho

 

domingo, 10 de janeiro de 2010

OS QUE VÃO PARTINDO


           JOSÉ CASTRO E SILVA, natural desta freguesia, casado, a residir há vários anos em França como emigrante, faleceu em virtude de doença. Tinha 60 anos de idade.
           Este nosso conterrâneo, cuja progenitora reside no lugar da Corredoura e é usualmente conhecida por D. Luísa do Sousa, constituíra família em França onde residia, mas visitava regularmente os seus familiares.  na sua terra natal.
           O funeral decorrerá em França onde ficará sepultado, estando marcada para o próximo domingo na Igreja Paroquial desta freguesia, pelas 11 horas, a missa do sétimo dia.

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA

          CAMPEONATO DISTRITAL DA 1º DIVISÃO DA A.F.V.CASTELO
Hoje, em Lanheses, no Estádio 15 de Agosto.
                  
          (NE(I)VA em Lanheses:
                         LANHESES, 1 - NEIVA, 1
                           (ao intervalo: 1-1)
          Numa tarde com  um céu de chumbo e temperatura gélida o Lanheses teve um desempenho ainda pior que o tempo, que lhe acarretou e perda de mais dois pontos tendo agora mais perto a concorrência.
          Defrontando um adversário que terá sido a pior equipa que até esta altura os locais tiveram como opositores, os ainda comandantes da classificação geral não souberam aproveitar as oportunidades criadas, desperdiçando já perto do fim uma grande penalidade. O encontro sofreu inúmeras interrupções em virtude do recurso à simulação de lesões por parte dos visitantes o que levou o juiz da partida a conceder dez minutos de compensação.

OS NOVOS CAVALEIROS DA VERDADE DESPORTIVA

            Andam para aí uns cavalheiros (cavaleiros?) armados em campeões da credibilidade, muito empenhados em fazer crer que estão interessados na implantação de novos métodos que possam contribuir para acabar com os erros de arbitragem falseadores da verdade desportiva.Acham eles que, com a introdução de meios tecnológicos nos encontros de futebol acabariam as polémicas em torno dos lances duvidosos e a paz desportiva reinaria entre todos os amantes do desporto-rei.
             Antes de fazer qualquer consideração sobre o assunto quero salientar o acontecimento da última semana que levou à Assembleia da República (!!!), um grupelho de figurantes do meio desportivo da corte alfacinha, encabeçada por um papagaio comentador de uma estação de televisão da área de influência dos dois clubes da segunda circular acolitada pelos respectivos presidentes e apadrinhada pelo inefável catavento da FPF.
             Os resultados práticos que advirão daquilo que a patusca delegação pretende e que levou a segunda figura do estado português a recebe-la no venerando órgão da Nação Portuguesa, qualquer cidadão concluirá, serão ZERO. Isto, porque, quaisquer alterações às leis do jogo, são da exclusiva competência da International Board e, quem se interessa minimamente pelo fenómeno do futebol sabe que este organismo age como e quando muito bem entende sem dar cavaco a quem quer que seja.
              Abdicando de fazer algumas considerações sobre a solidez  moral de alguns dos novos cruzados interessados na aplicação das virtualidades das novas tecnologias na erradicação dos erros que falseiam os resultados dos jogos, trago aqui um exemplo que me parece paradigmático sobre o que poderão ser os resultados futuros das decisões tomas com base no visionamento dos lances duvidosos através dos meios visuais.
              Há alguns anos atrás, disputando-se no estádio da Luz um Benfica-Porto, Petit, (penso que era assim que se chamava o médio da equipa da casa) fez um remate que Vítor Baía defendeu, segundo o árbitro Olegário Benquerença (fixem o nome deste "cromo" porque muito se irá falar dele), antes da bola ter transposto totalmente o risco branco da linha de baliza. Roubo, gritaram sessenta mil!. A bola esteve para além da linha mais de um metro! Inacreditável!. Até os stewards de costas voltadas para o campo, viram o melhor guarda-redes português de sempre sacudir a bola de dentro da baliza!.
               No estádio as câmaras da televisão eram dezoito. O lance foi captado de vários ângulos, de lado, de cima, em câmara lenta. Passado e repassado vezes sem conto nos minutos seguintes à ocorrência, analisado, dissecado, esturricado por tudo quanto é perito na matéria. E, nos meses subsequentes, até aos dias de hoje, continua a ser evocado, quando dá jeito. Todavia, NINGUÉM, com um mínimo de isenção e distanciamento, como seria suposto existir numa imprensa honesta, poderá afirmar que terá sido golo. Claro que, no lance descrito, o uso do chip eliminaria as dúvidas mas, em muitos outros que acontecem no decurso de uma partida de futebol, o recurso ao olho cirúrgico da câmara em nada contribuiria para desfazer o equívoco da decisão tomada no momento do seu desenvolvimento.
               Estou convencido que a maior parte dos erros de julgamento das faltas resultam do comportamento instável da equipa de arbitragem que, em grande parte deles, não vê o que todo o mundo constata e, noutras situações, assinala o que só eles quiseram ver! O seu julgamento é ajustado à pressão do jogo, à grandeza do emblema e às suas ambições na carreira.
               Para concluir não deixo de sugerir uma ideia que, não duvido, pode ser a solução para o dilema da arbitragem mundial e, simultaneamente, um enorme contributo para eliminar o déficit orçamental em menos tempo do que o governo prevê. Era assim: o "Magalhães", que tem tido um bombástico sucesso no sistema educativo que até no estrangeiro já foi adoptado, seria vendido à entrada dos estádios e nos lares de todos os portugueses amantes do futebol, a preço comparticipado, como é de justiça e trivial. Depois, ligados pela internet ao sistema de transmissão pela televisão dos encontros, seriam chamados a pronunciarem-se os jurados telespectadores, nas cadeiras dos estádios e nos sofás no conforto do lar,os quais, com um simples click decidiriam sobre o julgamento das infracções às regras do jogo. Apurado o resultado, o speaker de serviço intercomunicava com o árbitro-chefe, o qual dava ordem de recomeço e o jogo prosseguia. Então?
               É claro que quem rejubilaria com tal sistema seria sem dúvida alguma D. Vitória, pois, para além do sua mal disfarçada simpatia pelos família dos galináceos e outros seres penosos, onde obviamente cabe a espécie dos milhafres, mesmo tendo alguma dificuldade em distinguir as diferenças entre um jogo de futebol e uma partida de rugby, por nunca a elas ter assistido, adora concursos e -oh suprema ventura- é adepta do Benfica!. E, com seis milhões, ou mais, sem contar com a emigração, a verem todos o mesmo (isto é, nada...) não haveria campeonato que não caísse no papo tornando-se obsoleto o recurso a quaisquer outros expedientes experimentados, incluindo as queixinhas a notre ami Platini ou a traiçoeiros túneis onde é provável tropeçar-se em algum steward em comovedor recolhimento espiritual ou, hipótese não desprezível, com algum imparcial e aplicado síndico de um qualquer tribunal desportivo.